BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

PACOTE DE MALDADES: DIA 16, 4a FEIRA, PROTESTO GIGANTE NA ALERJ

27 de janeiro de 2007

Prezados leitores, a mobilização dos funcionários públicos e dos militares estaduais (Policiais Militares e Bombeiros Militares) segue crescendo de forma viral.
A mobilização alcançou todos os quartéis, escolas, hospitais, repartições, ...
A expectativa é que no dia 16, 10 horas, todos juntos, reuniremos mais de 15.000 mobilizados em volta da ALERJ, superando as mobilizações anteriores.
Os Bombeiros estarão com camisas vermelhas.
Os Policiais Militares com camisas azuis.
Os Policiais Civis e os Agentes Penitenciários com camisas pretas.
Os profissionais da saúde, da educação, da justiça, ..., também escolherão camisas de cores que permitam a identificação de todas as categorias mobilizadas.
Sem querer direcionar as ações, destacamos que nós teremos que demonstrar a nossa capacidade de planejamento.
Planejar é fundamental para o sucesso.
Não podemos repetir os erros do passado, quando no ápice das mobilizações, acabamos nos deixando conduzir por ações não planejadas, o que nos enfraqueceu.
Hoje estamos novamente com força total!
O que vimos na 3a feira, dia 9, no carro de som não pode se repetir, isso para citar um exemplo.
Uma disputa pelo microfone como se fosse um prato de comida entre famélicos.
Inúmeros integrantes da mesma categoria falando, quando devemos ter um por categoria, somos muitas categorias.
A falação repetida dispersa a atenção da população e dos mobilizados.
Além daqueles que falaram em vários momentos, o que chegou a ser enfadonho.
Organização é indispensável.
E, o mais importante, a apresentação de uma pauta única, comum  a todas as categorias.
Não podemos apresentar todos os problemas que vivenciamos, não resolveremos tudo nesse momento e problemas não nos faltam.
A regularização do pagamento dos salários, proventos e pensões; do décimo-terceiro salário e das gratificações em atraso, deve ser um item da pauta.
Outro item, a não aceitação de qualquer novo desconto, seja previdenciário ou não.
Nós, opinamos que a pauta unificada tenha apenas esses dois itens.
Concisa e precisa, salvo melhor juízo.
Por derradeiro, não podemos esquecer uma grande bandeira do Brasil para ser hasteada na ALERJ, ali é a casa do povo.

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. Gracas a Deus as manifestavoes estao surtindo efeito, a camara rejeitou a proposta de descontar 30%, agora que é a hora de continuar firme e não dar nenhum passo atrás, não podemos deixar que passe uma so medida desse pacote absurdo, o funcionalismo é um elefante amarrado com um barbante e não sabe.

    ResponderExcluir
  2. Sabe a diferença entre Pezão e mister M?
    Mister M sempre devolve a coisa que desaparece, o Pezão não.
    Cadê o dinheiro do Estado?

    Pezão comeu!

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.