BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

segunda-feira, 24 de julho de 2017

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - AMANHÃ - NOVIDADES



Prezados leitores, o futebol brasileiro está repleto de estórias mal contadas, o que só serve para desvalorizar as conquistas dos nossos clubes.
Frases como "roubado é mais gostoso" devem ser abolidas.
É preciso inserir a ética e a moral no futebol, valores que parecem estar se perdendo,
Quem não conhece uma história de favorecimento de um grande clube brasileiro?
Alguns chegam a ter várias histórias.
Tais interferências externas ao esporte acabarão transformando o esporte em um mero jogo, onde as cartas marcadas fazem parte da normalidade e decidem os resultados.
Poder Judiciário, Ministério Público, clubes, dirigentes, técnicos, jogadores, arbitragens, imprensa esportiva, patrocinadores e outros envolvidos devem se unir para clarificar todas esses malfeitos, antes que o torcedor comum perceba o que está acontecendo e abandone os estádios.
Até a paixão tem limites.
O apaixonado pelo futebol pode até parecer, mas não é um idiota que acredita em qualquer mentira.
É hora dos torcedores, os principais interessados se unirem e cobrarem mudanças, antes que seja parte.
Amanhã voltaremos ao tema.

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. Coronel Paúl, enquanto a prioridade do futebol brasileiro for audiência na TV, em detrimento do nível técnico dos jogadores e das partidas, continuaremos a mercê de interferências nos resultados dos jogos e até dos campeonatos, como o caso André Santos, com o objetivo de atender somente a interesses externos e não do futebol.
    Novos 7x1 poderão acontecer novamente se isso não tiver um fim.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.