Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

sexta-feira, 28 de julho de 2017

RIO - A INCOMPETÊNCIA NA HORA DE ENCONTRAR SOLUÇÕES



Prezados leitores, vou dar um palpite, um mero "chute", algo que não está baseado em qualquer estudo ou pesquisa: gestores públicos no Brasil se dedicaram tanto aos interesses relacionados com a denominada  "lei de Gérson" que perderam (ou não adquiriram) a competência para a resolução dos problemas, ou seja, o encontro de soluções.
O estado do Rio de Janeiro é um exemplo muito claro dessa falta de capacidade para o encontro de soluções para as situações que se apresentam.
O cidadão fluminense convive há muitos anos com péssimos serviços públicos, situação que se agravou exponencialmente com a crise econômica provocada pelos maus políticos que nos governaram e nos governam.
A educação pública não forma cidadãos. Escolas tem carência até de professores, ou seja, os alunos não têm aulas, a razão de ser para estarem nos bancos escolares.
As pessoas que buscam a saúde pública para se curarem correm o risco de morte, diante da completa falta de estrutura nas clínicas e nos hospitais públicos.
A segurança pública entrou em colapso completo e a violência se espalhou por todo o estado do Rio de Janeiro. Ninguém está seguro, não importa o local, o dia ou a hora.
Os políticos destruíram a economia e a falta de dinheiro é uma consequência inevitável, mas falta além de dinheiro a necessária competência para encontrar as soluções.
O número de Policiais Militares mortos em 2017 demonstra a incapacidade do governo de proteger os que tem a missão de servir e proteger a população.
É a prova cruel e incontestável da incompetência do governo no encontro de soluções.
A questão da falta de dinheiro poderá ser resolvida temporariamente com a chegada de empréstimos, mas a ausência de capacidade para encontrar soluções deverá continuar.
Sem competência o estado continuará repleto de problemas e a população continuará sofrendo.
É preciso ter coragem para mudar.

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. Sr. Cel Paul, o senhor com reconhecimento de causa e agora de fora do furacão, poderia tecer algumas sugestões no intuito de melhorar o que está mais que péssimo. A forma de policiamento está equivocada, as escalas estão erradas pois ninguém consegue ficar as 12 horas a noite toda, os equipamentos estão vencidos, danificados e obsoletos e os oficiais só visam gratificações e poder. A mudança tem que vir de cima chega de culpas os cachorros mortos que são as praças, os oficiais políticos acabaram com a PM. A instituição merece virar só historia, ou seja o fim. Que se monte uma equipe de agentes de segurança pública e não pseudos militares que utilizam essa prerrogativa somente para os que lhe convém. Abraços fraternos.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.