BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

sexta-feira, 21 de julho de 2017

RIO - MAIS UM POLICIAL MILITAR ASSASSINADO. NÚMERO EM 2017 CHEGA A 90 PMs ASSASSINADOS



Prezados leitores, não podemos continuar assistindo essa matança de Policiais Militares sem cobrarmos mudanças na gestão da segurança pública.
É inexplicável o fato do governador Pezão não mudar o que está dando errado.
Até quando a população ficará inerte na defesa dos policiais?
Até quando os policiais ficarão inertes na defesa dos policiais?

"Jornal Extra 
Rio tem 90º policial assassinado somente este ano 
21/07/17 07:48 | Atualizado: 21/07/17 08:28 
O Rio de Janeiro tem, nesta sexta-feira, o 90º policial assassinado em todo estado desde o início de 2017. O soldado Fabiano de Brito e Silva, de 35 anos, foi interceptado por assaltantes na Rua Clara de Araújo, no bairro Jardim Tropical, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O agente teria reagido e acabou sendo baleado. 
O soldado ainda foi levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, na Posse, mas não resistiu ao ferimento. No momento em que foi rendido, Brito se dirigia para o trabalho, no 20º BPM (Mesquita). 
Procurada, a assessoria de imprensa da PM ainda não se pronunciou sobre o ocorrido (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

3 comentários:

  1. Isso é um escândalo ! Cadê a ONU e suas secretarias de "direitos humanos"?! Se fosse bandidos morrendo eles já estavam marcando em cima com exigências! Mas não há surpresas , pous sabemos que a ONU está dirigida pir islâmicos! O seu Secretario para "direitos humanos" é um islâmico. As Polícias tem que se unir de modo Nacional , com suas familuas e amigos e o pivo teabalhador e formar uma militância contra a Cultura do Crime e a opressão e dispotismo do Estado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu te entendo, mas a coisa é bem pior. Escândalo maior é a própria PMERJ se permitir ser usada em projetos eleitoreiro que custam a vida do cidadão e dos policiais militares. Pior ainda é a sociedade aguentar calada, levando 2 milhões de pessoas à passeata gay, mas não se mobilizar contra esses políticos, leis, legislativo e judiciário criminosos que não fazem nada além de teatro para frear a violência urbana. Infelizmente, mais policiais militares vão perder a vida nessa pocilga chamada Rio de Janeiro. Quem se importa, além dos familiares enlutados?

      Sgt Foxtrot

      Excluir
  2. URGENTE – Ocupação do Congresso Nacional – VAMOS DIVULGAR ISSO!

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.