BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

terça-feira, 11 de julho de 2017

UMA GUERRA OCORRE NO RIO DE JANEIRO, SÓ O PRESIDENTE TEMER NÃO VÊ



"Jornal O Globo 
Triste estatística da violência no Rio 
A cada duas horas uma família chora pela morte de um ente querido para a violência na cidade 
ELENILCE BOTTARI 
11/07/2017 4:30 / atualizado 11/07/2017 4:30 
Desde que os homicídios voltaram a crescer no Rio, a partir de 2013, o crime fez 21.258 vítimas no estado. São, em média, 13 mortos por dia. A cada duas horas, uma família chora a perda de um parente para a violência que se espalha de maneira cada vez mais banalizada. Tão indiscriminada que o Rio parece viver em um estado de tensão permanente, que contagia as ruas, e seus moradores (Leiam mais)". 

O Rio de Janeiro vive uma guerra que envolve de um lado as forças de segurança pública estaduais (Polícia Militar e Polícia Civil) e do outro criminosos (traficantes de drogas, milicianos, ladrões, ...).
Isso é de domínio público e o noticiário diário dá conta que cada caso que em média significam um homicídio a cada duas horas.
A situação é de extrema gravidade, o que levou a Cruz Vermelha a ministrar para professores da rede pública de ensino, o curso que já ministrou em zonas de guerra em outros países.
A inércia indica que o presidente Temer é o único brasileiro que desconhece tal realidade macabra, tendo em vista que não determina a retomada das partes do território brasileiro que estão dominadas por grupos armados, utilizando para isso as tropas federais.
Até quando a população do Rio de Janeiro irá morrer em virtude da  omissão governamental?

Juntos Somos Fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.