BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

quarta-feira, 5 de julho de 2017

ARTIGO "ÍBIS, O CORONEL COMUNISTA DA PM"

Prezados leitores, transcrevemos entrevista do ex-Comandante Geral da PMERJ, o Coronel de Polícia RR Íbis Pereira.

Coronel de Polícia Íbis

"Blog Socialista Morena
Cynara Menezes 
Íbis, o coronel comunista da PM 
O coronel Ibis Pereira, da PM do Rio de Janeiro, combina de encontrar comigo, numa manhã ensolarada de inverno, em uma charmosa livraria-café do centro da cidade, ao lado da Assembleia Legislativa. Chego na hora e dou de cara com ele lá dentro, folheando livros. Me cumprimenta com dois beijos na face e comenta, alisando a capa de um dos volumes expostos à sua frente: 
– Adoro Eça de Queiroz. 
O perfil do coronel de 54 anos, que passou à reserva no ano passado, tinha capturado minha atenção durante a campanha à prefeitura do Rio, em 2016, quando atuou como consultor de Marcelo Freixo, candidato do PSOL. Formado em Direito e Filosofia, com mestrado em História, Íbis acaba de se filiar ao partido. Mas sua ligação com o pensamento progressista é anterior ao PSOL, a Freixo e à própria polícia. 
Como você se aproximou do progressismo? Porque a imagem que as pessoas têm da polícia é que todo mundo ali é conservador. 
O que não é verdade, tem uma massa considerável na polícia que é progressista. Eu venho de uma militância católica, de juventude operária católica. Apesar de morar no Rio de Janeiro e a nossa igreja sempre ter sido muito conservadora, eu vivia num bairro muito próximo da Baixada Fluminense e a gente tinha a influência das igrejas da Baixada, de Nova Iguaçu, Caxias, que eram mais progressistas. Então a Teologia da Libertação sempre foi uma marca muito forte na minha trajetória, na compreensão da minha própria fé, que é algo que me acompanha até hoje. Se não fosse por este movimento, acho que eu não estaria mais no cristianismo. Católico, pelo menos, não. Quando entrei na polícia, já vinha desse movimento. E entrei em 1983, num momento de renovação, junto com os primeiros governadores eleitos depois da ditadura. O governador eleito aqui foi Leonel Brizola, que escolhe como comandante-geral da Polícia e como secretário de Estado da Polícia um homem que para mim foi decisivo: o coronel Carlos Magno Nazareth Cerqueira, um progressista. 
Ideologicamente, como você se define? 
Sou um comunista místico, um marxista herético (risos). Porque sou basicamente um marxista, mas não totalmente porque não sou materialista. Creio em Deus, sou uma mistura de Cristo com Karl Marx. Penso que se Deus existe e nós todos somos irmãos, essa sociedade não comporta senhores e escravos, dominantes e dominados. E ninguém pensa uma política de segurança pública sem uma concepção de como a sociedade deve se organizar. Estamos falando do coração do Estado, não é possível uma visão técnica apenas. A primeira violência é a miséria, a exclusão, e elas só se resolvem rumando para uma sociedade mais igualitária, mais justa (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

6 comentários:

  1. Conheci ainda major , e sempre foi muito correto e sempre pregou o lado ser humano do praça quanto oficial sem discriminação por isso tem meu respeito é uma pena não está a frente da PM , pois com ele progredimos muito e sem ele estamos voltando a escravidão , uma pena ter deixado a polícia , um coronel de respeito

    ResponderExcluir
  2. CARO COMPANHEIRO CORONEL PMERJ PAUL
    CERTA OCASIÃO PERGUNTARAM AO PRIMEIRO MINISTRO DA INGLATERRA, HERÓI DA 1ª E 2ª GUERRA MUNDIAL, O QUE ELE ACHAVA DA DEMOCRACIA.
    O MINSTRO PENSOU, NÃO SEM ANTES DAS DUAS OU TRÊS BAFORADAS NO SEU INDEFECTÍVEL CHARUTO, E RESPONDEU: "A DEMOCRACIA É O PIOR DE TODOS OS REGIMES POLÍTICOS, EXCETO TODOS OS OUTROS!
    SAUDAÇÕES
    PAULO FONTES

    ResponderExcluir
  3. Carlos magno nazareth cerqueira?foi muito covarde com os praças. Pior cmt que já vi. Para mim o que o cel ibis falou foi apenas vã filosofia.

    ResponderExcluir
  4. Eu penso que qualquer homem minimamente comprometido com a fé, com o ser humano, com a correção e com o progresso jamais teria tendências ao marxismo ou a ideologias cujos precursores exterminaram pessoas. Karl Marx? Lenin?
    Quem mais, Stalin? Hitler? Che? Mao? Maduro? Batista? Chaves? Kim Jong-un? A mim, não cola. Além do mais, quem esteve na parte de cima da pirâmide de uma instituição militar não tem crédito quando mostra repugnância por dominadores. Onde foi guardado o R-Quero? É da natureza de qualquer militar, mesmo os da menor patente, impor a dominação a quem é seu subordinado e sujeitar-se a dominação de quem é seu superior. Quem pensa diferente não passa 30 anos em uma casa militar. Ditadura? Qual? De Vargas? Se eu estiver equivocado, por favor, argumentem, mas também me expliquem como alguém que prega uma sociedade mais igualitária pode coexistir em ambiente onde os iguais respondem por um crime duplamente, através da peça de apoio à propositura da ação penal, enquanto assiste aos seres humanos "normais" responderem somente a uma. Sim, os PMs são submetidos ao inquérito comum e ao inquérito policial militar como qualquer militar. A lei impõe códigos penais distintos. Inocentou em um, corre o risco de ser condenado pelo outro. O fato é: como alguém que se diz preocupado com a igualdade viveu com isso por tantos anos sendo tão "social"? "Sociedade igualitária, né?". Onde foi parar toda aquela discricionaridade e vitaliciedade tão admiradas pelos seus contemporâneos, veteranos e bichos? Qual será o cargo eletivo? Vice do frouxo? Sei, nasce mais um defensor dos fracos e oprimidos.
    Ah, antes que eu esqueca: É melhor Jair se acostumando.

    Bolsonaro 2018!

    Sgt Foxtrot

    ResponderExcluir
  5. PENA,QUE ELE SE DIZ LIGADO A FREIXO.
    E FREIXO,ADORA DEFENDER BANDIDOS.
    AÍ JÁ FICA DIFÍCIL FAZER CONCEITO DE VALOR.

    ResponderExcluir
  6. Esse cara é um engodo.
    Prejudicou-me em certa ocasião sem nunca ter me ouvido num processo.
    Foi meu veterano.
    Nunca soube que trabalhou no serviço operacional.
    Policial de gabinete.
    Brincadeira falar que é marxista e católico e, ainda, segue o Freixo.
    O cara que holofote.
    Sempre quis, mas não tem simpatia de quem o conhece na raiz.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.