BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

CORONEL PM, EX-COMANDANTE GERAL, FAZ GRAVES ACUSAÇÕES CONTRA O SECRETÁRIO BELTRAME

(Charge O Globo)

Prezados leitores, o caso da apologia à violência e ao nazismo na Polícia Milita está longe de ser totalmente esclarecido.
O Coronel PM Luís Castro, ex-Comandante Geral da PMERJ, fez graves acusações contra o secretário de segurança pública Beltrame.
Reportagem envolve grupo do atual Comandante Geral na promoção do Coronel PM Fábio, acusado de apologia à violência e ao nazismo. 

"JORNAL EXTRA
Casos de Polícia 
Coronel que defendeu violência contra manifestantes pulou 81 colocações na lista de promoção após novo comando assumir 
Carolina Heringer e Fabiana Paiva 
A ascensão do então tenente-coronel Fábio Almeida de Souza para coronel foi precedida de outro salto ainda maior do que a mudança de patente. O oficial ocupava a 89ª posição no quadro de promoções da corporação, mas pulou para a 8ª, após o grupo do coronel Alberto Pinheiro Neto ter assumido o comando da PM, no fim do ano passado. No último dia 25, Fábio foi promovido a coronel por merecimento. E, nesta segunda-feira, exonerado do comando do Batalhão de Choque, após comentários polêmicos feitos por ele num grupo de WhatsApp - inclusive com alusões ao nazismo - terem sido divulgados. 
Para dar o salto, Fábio recorreu de sua avaliação anterior, de abril de 2014, feita na época em que o coronel Luís Castro de Menezes era comandante. Antes, em dezembro de 2013, estava em 28º. A queda na colocação do coronel Fábio na lista se deu pela descoberta das conversas no WhatsApp. Na época, ele ainda foi afastado do comando do Bope.
Segundo um oficial que fazia parte da cúpula da PM, para subir 81 posições o oficial teria de conseguir nota máxima em todos os quesitos, avaliados por uma comissão presidida pelo comandante da PM. É ele quem vai escolher da lista os promovidos. A relação precisa ser aprovada pelo secretário de Segurança Pública.
Beltrame diz que não sabia
O secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, disse ontem estar “horrorizado” com as mensagens trocadas pelo coronel Fábio. Ele negou que já soubesse dos diálogos, e afirmou ter pedido a abertura de uma investigação sobre a conduta do coronel. Ex-comandante da PM, o coronel Luís Castro, que disse à “Veja” que já havia avisado ao secretário sobre as conversas, no início de 2014, foi irônico ao ser questionado pelo EXTRA sobre as declarações de Beltrame.
- Você não acha estranho o comandante do Bope ser exonerado e mandado para O DGP, a geladeira da PM, sem que o secretário de Segurança saiba o porquê? Meio difícil, né? - disparou.
De acordo com Castro, em março de 2014, ao saber dos diálogos, procurou Beltrame pessoalmente, e avisou que exoneraria o oficial, que comandava o Bope. Segundo Castro, o secretário teria pedido que Fábio fosse para sua escolta pessoal. Lá, ele ficou até novembro de 2014, quando voltou a comandar o Choque (Leia mais)". 

 Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. CEL. EXISTE UMA BOCA DE FUMO NA PRAIA DO VIDIGAL. OS PMs CHEGAM PARA PATRULHAR O LOCAL ÀS 10H., E SE RETIRAM ÀS 11H.
    SENDO ASSIM, OS TRAFICANTES VENDEM DROGAS EM FRENTE AO HOTEL SHERATON. A PRAIA SI TORNOU LOCAL DE VICIADOS. OS MORADORES NÃO COMENTAM, AFINAL, TEM MEDO. O IDEAL SERIA UM POLICIAMENTO FIXO DE PRAIA. ESTÁ UMA VERGONHA!!!!!!

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.