Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

SECRETÁRIO DE SEGURANÇA BELTRAME DISCORDA DE DECISÃO DO GOVERNADOR PEZÃO


Prezados leitores, o secretário de segurança Beltrame mostrou sua força ao discordar publicamente de uma decisão do governador Pezão sobre cortes no orçamento:

"SITE G1
(...) A Secretaria de Educação vai perder R$ 547 milhões e a de Saúde, R$ 403 milhões. A de Segurança terá R$ 85,5 milhões a menos. Já despesas com transferências para outros municípios terão redução de R$ 1,1 bilhão, mostrou o RJTV.
O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, disse que ficou surpreso com o anúncio e que os cortes podem comprometer projetos como a formação de policiais e o avanço das UPPs. 
“Esta cifra é impossível de acontecer. Não há como cortar verba da segurança pública porque estamos num movimento muito grande de avanço ou preparação de avanço. O governador não me confirmou isto. Não podemos ter cortes na segurança pública sob pena de um retrocesso”, disse Beltrame. 
O governador Luiz Fernando Pezão não comentou as declarações do secretário (Leiam mais)".

Juntos Somos Fortes!

4 comentários:

  1. Concordo com o Secretário Beltrame. Os cortes podem atingir qualquer setor, menos a Segurança Pública, pois estamos atravessando um momento ímpar de necessidade de avanço da tentativa de minimizar as consequências danosas da violência em nosso Estado.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do posicionamento do Secretário. Mostra caráter, diferentemente de ambições eleitoreiras.

    ResponderExcluir
  3. Eu entendo o secretário e até concordo com o posicionamento dele, mas acredito que o pezão está com algo em mente, ele sabe da questão do Rio, sabe o que vivemos, e ele vai investir mais em UPPS, vamos aguardar...

    ResponderExcluir
  4. Puro jogo de cena. Uma tentativa de ficar bem com as policias. E os dossies que possui o seguram no cargo.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.