Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

PM: O ESCÂNDALO DOS COMBUSTÍVEIS E EMPRESA FALCONI CONSULTORIA DE RESULTADOS

Foto: Rafael Soares/Jornal Extra


Prezados leitores, o jornal Extra, no dia 10 de janeiro de 2015, divulgou um escândalo de desvio de combustíveis na Polícia Militar ocorrido em 2013, fato que publicamos nesse espaço democrático (Link).
Ontem, o Jornal Extra publicou:

"CASOS DE POLÍCIA
Publicado em 11/01/15 06:30
Após desvios de combustível, Polícia Militar contrata firma de consultoria e promete profissionalização
Rafael Soares 
A Polícia Militar contratou uma empresa de consultoria externa para analisar procedimentos administrativos da corporação e inibir a prática de fraudes. Escolhida por licitação, a Falconi, firma especializada em gestão, elaborou um estudo sobre a corporação. A primeira mudança que já começou a ser implementada foi no sistema de distribuição de combustível — os pedidos, agora, devem ser feitos pelos comandantes de batalhão diariamente e em horários específicos (Leia mais)". 

A leitura do título da matéria nos leva a concluir que a firma de consultoria foi contratada após a constatação dos desvios e que foi escolhida por licitação.
Salvo melhor juízo, existe um engano na matéria ou a firma foi contratada mais de uma vez para realizar consultoria para a Polícia Militar.
A Empresa Falconi Consultoria de Resultados foi contrata pela Secretaria da Casa Civil através do contrato número 028/2012, isso com "inexibilidade de licitação", para "Reforma Administrativa da PMERJ", recebendo R$ 4.509.210,00.
Na época a empresa tinha o nome de Instituto de Desenvolvimento Gerencial - INDG.
O INDG mudou de nome no final de 2012 (Fonte).
Diante do exposto, não sabemos se a INDG (ou Falconi) foi contratada apenas em 2012, isso com inexibilidade de licitação" e os resultados da consultoria estão sendo implementados agora ou a empresa foi contratada novamente, já com o novo nome, dessa vez através de uma licitação, como o Jornal Extra sugere.
É bom esclarecer, sobretudo se for a segunda contratação.

Juntos Somos Fortes!

5 comentários:

  1. SÓ TEM GENTE BOA, FUZIL DE CEL NA MÃO DE BANDIDO, ROUBO NO HOSPITAL DA PMERJ, CEL QUE RECEBIA DINHEIRO DO TRAFICO NA ILHA. CEL DO 14BPM RECEBIA DINHEIRO DO JOGO DO BICHO E VANS, CEL FABIO NAZISTA, CEL SUSPEITO DE MANDA MATAR JUÍZA. MAJOR MATA AMARILDO, ROUBO DE COMBUSTÍVEL.............

    ResponderExcluir
  2. Concordo que tem muito gente boa na PM, afinal a Polícia é um termômetro que mede o grau de civilidade de um povo. A diferença é que o PM rouba 5 reais e os políticos e seus nomeados roubam 5 bilhões. A Imprensa por sua vez adora considerar mais importante o erro do policial em detrimento da roubalheira generalizada.
    Temos uma presidente da república que durante a campanha disse que tem de mudar a Constituição para o Governo Federal agir, pois a competência da segurança é dos estados-membros. Querem mais o que? Não sabe ler a Constituição, não conhece a Constituição, não está nem aí para o problema que mais aflige o cidadão brasileiro e ainda lava as mãos. Se o presidente não sabe como agir e distribui cargos por interesse político, como esperar que algo funcione no serviço público?

    ResponderExcluir
  3. A PM dispõe de mecanismos suficientes para controle e auditamento do consumo de combustíveis. Considero vergonhoso chamar gente de fora para analisar o caso. Interessante seria auditar a compra e utilização de veículos com KIT GNV para a polícia, noticiada tempos atrás. Houve real economia com a aquisição desses veículos? Também seria interessante auditar a contratação de terceiros para gestão da frota de carros da polícia. Houve economia para o Estado? Se fossem adquiridos veículos novos a cada dois anos não seria mais econômico e igualmente confiável e confortável? Aí sim é necessário auditar. Talvez se descubra muita gente boa de fora querendo ajudar a PM.

    ResponderExcluir
  4. Sabem porque isto acontece ?
    Vou lhes falar : A Corregedoria nunca investigou os Oficiais e agora a Secretaria de Segurança sim, por isso tanta revolta ao Beltrane, pois ele esta mandando investigar!!!
    A PMERJ so irá mudar se começar de cima!!!!
    Mas sempre quem sofreu as consequências foram os praças!!!
    Pessoal por isso tanta revolta quanto ao Beltrame!!!
    Não se iludam...quem ferra a PMERJ são alguns Oficiais corruptos e so pensam em se dar bem!!!
    Antigamente tínhamos colegas sendo punidos por fazer segurança em sua folga, mas tínhamos oficiais donos de firma de segurança!!!
    Acho totalmente anti - ético um Agente de segurança ter firma de segurança, pois ele nunca vai querer que a segurança publica seja boa, senão o negocio dele vai falir!!!
    Outra, quem não sabe do envolvimento com o jogo de bicho, cooperativas de vans, clinicas, bingos, etc....??????

    Antes de criticar pensem!!!!

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.