BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

terça-feira, 4 de julho de 2017

SÉRGIO CABRAL - DINHEIRO DA PROPINA DAS EMPRESAS COMPRARIA 1.111 ÔNIBUS REFRIGERADOS



Prezados leitores, a relação do governo Sérgio Cabral com as empresas de ônibus do Rio de Janeiro sempre foi tratada com enorme suspeita, mas precisou que surgisse a Operação Lava Jato para que tudo viesse à tona, pois se dependesse dos órgãos estaduais tudo poderia continuar oculto.
Eis algumas matérias jornalísticas sobre o escândalo que tanto prejuízo trouxe e ainda trará para a população fluminense.

1) "Site G1 
Saiba como funcionava o esquema de corrupção no setor de transportes do RJ, segundo o MPF
Delator contou que buscava dinheiro nas sedes de empresas de ônibus para pagar políticos em troca de vantagens. Esquema, segundo MPF, dura mais de duas décadas (Leiam mais)". 

2) "Site G1 
Polícia Civil faz operação para verificar condições de ônibus que circulam no Rio 
Agentes de duas delegacias e do Instituto de Criminalística Carlos Éboli participam da ação. Policiais estão na Viação São Silvestre (Leiam mais)". 

3) "Jornal Extra 
Valor de propina paga por empresas de ônibus compraria 1.111 ônibus refrigerados (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. Tem é que focar na questão do SAMU. A hora é agora. Isso também faz parte do esquema da época do Cabral e Sérgio Cortes. Hoje as ambulâncias estão quebradas em vários quartéis do CBMERJ, sem manutenção, sobrecarregando à quem nelas trabalham e a população esperando por horas um atendimento. Vale lembrar que tal serviço deveria ser administrado pela prefeitura e excepcionalmente, somente no município do Estado do Rio de Janeiro ele é gerido pelo CBMERJ.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.