Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

RIO - A POLÍCIA MILITAR ESTÁ DOENTE

Prezados leitores, ontem foi revelado o número de Policiais Militares afastados do serviço por licença médica pela clínica de psiquiatria. 
O número deve ter causado surpresa em quem não é Policial Militar, tendo em vista que os integrantes da instituição sabem que esse número deveria ser muito maior, existindo uma cifra negra composta pelos que estão doentes e que não procuram o atendimento médico para não serem afastados do serviço
O estresse físico e emocional atinge significativa parcela dos Policiais Militares que trabalham no policiamento ostensivo. 
Um quadro que está se agravando com os problemas da falta de pagamento. 
São esses Policiais Militares que estão nas ruas para servir e proteger a população. 




"Jornal O Globo 
Em apenas um ano, PM concedeu 1.398 licenças psiquiátricas 
Estresse e a depressão estão entre as principais causas de afastamento do serviço nos quartéis do estado 
POR CAIO BARRETTO BRISO, ELENILCE BOTTARI E JÚLIA AMIN 31/01/2017 4:30 / atualizado 31/01/2017 8:19 
RIO — Tudo começou com um mal-estar. Depois, a batida acelerada do coração se tornou algo frequente na vida do policial militar José (nome fictício). Veio ainda uma dor de cabeça crônica. Uma sensação de desespero o atormentava, “uma vontade de desistir de tudo”. E o medo de morrer nunca mais o abandonou. José viveu um drama silencioso durante anos. Com uma década de vida militar, não tinha coragem para pedir ajuda. Aprendeu, no curso de formação de praças, que um policial deve suportar tudo. Contra sua vontade, foi encaminhado por um médico do Hospital Central da PM para o setor de psiquiatria. Resistiu até o dia em que seu próprio comandante atendeu ao pedido da equipe médica. Foram sete meses em tratamento, com consultas frequentes a um psicólogo militar, tomando remédios para depressão e controle de agressividade, como Rivotril e Donarem. Há um ano, José voltou ao trabalho, mas em funções administrativas. Foi proibido de portar arma e, por isso, perdeu sua segunda renda, os “bicos” que fazia como segurança (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. CARO COMPANHEIRO CORONEL PMERJ PAUL
    MATÉRIA PUBLICADA NO JORNAL EXTRA ON LINE EM31 JAN 2017
    Dívidas agravaram quadro de PM que transmitiu suicídio ao vivo


    COMENTÁRIO:
    NEM MESMO OS MAIS FAMOSOS AUTORES DAS MAIS ATERRORIZANTES HISTÓRIAS DE TERROR DA HISTÓRIA COMO EDGAR ALLAN POE(O CORVO), William Peter Blatty( O EXORCISTA) E STHEPEN KING ( O ILUMINADO), PODERIAM IMAGINAR QUE ESSA TERRÍVEL TRAGÉDIA DE HORROR OCORRIDA AQUI NO RIO DE JANEIRO, PODERIA SER MESMO REALIDADE .
    É INACREDITÁVEL QUE UM JOVEM SOLDADO POSSA SER LEVADO A UM NÍVEL DE ANGÚSTIA, DESCONTROLE EMOCIONAL, STRESS, DEPRESSÃO, ETC, A PONTO DE COLOCAR UM TERMO A SUA PRÓPRIA VIDA, TUDO ISSO COMPARTILHADO NAS REDES SOCIAIS EM TEMPO REAL, A QUE EU SAIBA, O PRIMEIRO CASO NO MUNDO,PELO MENOS DE POLICIAL.
    E PIOR, TAMANHA TRAGÉDIA NÃO COMOVE A MAIS NINGUÉM, NEM MESMO AQUELES PROFISSIONAIS QUE COSTUMAM SE DEBRUÇAR E ESTUDAR CASOS RAROS DESSE TIPO, TAIS COMO PSIQUIATRAS, PSICÓLOGOS, ANTROPÓLOGOS, SOCIÓLOGOS, E ORGANIZAÇÕES E ÓRGÃOS DE CLASSE COMO OAB, DIREITOS HUMANOS, ETC.
    QUEM SÃO OS RESPONSÁVEIS QUE CONCORRERAM DIRETA OU INDIRETAMENTE PARA O DESFECHO TRÁGICO QUE MATOU O SOLDADO PMERJ DOUGLAS DE JESUS VIEIRA: A INSTITUIÇÃO PMERJ, A FAMÍLIA, OS MÉDICOS QUE O LIBERARAM, O ESTADO QUE NÃO PAGOU OS SALÁRIOS DEVIDOS EM DIA, O PROCESSO DE DIVÓRCIO PELO QUAL ESTAVA PASSANDO?
    OU SERÁ QUE ELE É O ÚNICO RESPONSÁVEL PELA SUA PRÓPRIA MORTE!
    SÃO PERGUNTAS QUE DIFICILMENTE SERÃO RESPONDIDAS, SERÁ MAIS UM CASO DE BANALIZAÇÃO DA MORTE DE UM PROFISSIONAL DA SEGURANÇA PÚBLICA QUE CAIRÁ NA VALA COMUM DO ESQUECIMENTO, POIS ELE NÃO CONTA, É MAIS UMA PEÇA DE REPOSIÇÃO DA ENGRENAGEM QUE MASSACRA CARNE, OSSOS E ALMAS, SEM SE IMPORTAR COM NADA MAIS QUE NÃO SEJA A PRÓPRIA ENGRENAGEM.

    PAULO FONTES TENENTE CORONEL PMERJ

    ResponderExcluir
  2. Parceiro já é hora da Polícia Militar preparar carros blindados para o policiamento ostensivo.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.