BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

terça-feira, 6 de outubro de 2015

FALTA A IMPRENSA PEDIR DESCULPAS AO FLUMINENSE E A SUA TORCIDA


Prezados leitores, boa parte da imprensa esportiva do Brasil está devendo um pedido formal de desculpas ao Fluminense e a sua torcida pelas acusações infundadas que divulgaram sobre o envolvimento do Fluminense no rebaixamento da Portuguesa no Brasileirão 2013.
Tentaram fazer do Fluminense o "boi de piranha", mas a torcida não deixou.
A fumaça do escândalo está aparecendo aos poucos, logo veremos as chamas.

"Site da ESPN 
Ilídio Lico visita Flu e pede desculpas por acusação em caso Heverton: 'Tomei vinho muito forte'
Publicado em 06/10/2015, 17:13 /Atualizado em 06/10/2015, 17:49
ESPN.com.br
Na tarde desta terça-feira, o ex-presidente da Portuguesa, Ilídio Lico, esteve na sede das Laranjeiras para um encontro com o presidente do Fluminense, Peter Siemsen. Em pauta, um pedido de desculpas pela acusação, feita em junho deste ano, de que a Unimed, então patrocinadora tricolor, teria "pago um dinheiro muito grosso" e que o caso Heverton, que salvou o clube tricolor do rebaixamento concretizado em campo no Brasileiro de 2013, fora "premeditado". Segundo ele, o assunto teria sido revelado por um senador em uma conversa informal. 
Ao lado do mantário tricolor e do vice-presidente de futebol e jurídico do clube carioca, Mário Bittencourt, Ilídio Lico concedeu entrevista coletiva na sede do Fluminense. E atribuiu a declaração, dada ao jornal Diário de São Paulo, a um "vinho forte" (Assistam o vídeo)." 

Juntos Somos Fortes!

11 comentários:

  1. Registro aqui o comentário do leitor Marcos Henrique, no site da ESPN, em resposta a um outro que usou daquele argumento calhorda do "caiu em campo":
    "Só que existem regras que tem que ser respeitadas, meu amigo. Então, na sua maneira de pensar, o corredor Carl Lewis deveria devolver a medalha de ouro nos 100m para o Ben Johnson. Afinal de contas, Ben Johnson venceu e Carl Lewis ficou em segundo." É exatamente isso!

    ResponderExcluir
  2. Acho que o Mário Bittencourt não engoliu as desculpas, não. Pela cara que fez no vídeo. Mas é impressionante a capacidade desse Ilídio Lico de fazer besteira! Até montar cassino clandestino e sair de fininho na hora da chegada da Polícia ele fez! O Patropi original não é tão engraçado. Desde dezembro de 2013, acho que foi a primeira atitude correta que vi dele. Agora a urubuzada vai vir com novas teorias conspiratórias. Aguardemos a diversão!
    Ah! Hoje teve isso também: http://netflu.com.br/ex-diretor-do-flamengo-explica-polemica-com-andre-santos-em-2013/

    ResponderExcluir
  3. Pediu desculpas e ficou por isso mesmo? Não vai dar prosseguimento ao processo? Simples assim? Muito estranho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo vídeo, achei que o Mário Bittencourt não engoliu essas desculpas.

      Excluir
    2. Também percebi que o Mario Bittencourt não caiu nesse "papo de bêbado" do lobisomem. A imagem do Fluminense foi atacada durante 2 anos e não será um pretenso bebum que irá resgatá-la num "momento de sobriedade".

      Excluir
  4. Cel, o senhor merece o parabéns da torcida do Fluminense, e também o muito obrigado. Mas vão surgir fatos novos, é só aguardar.

    ResponderExcluir
  5. Falta também o principal : alguém da Portuguesa vir a público e falar quem recebeu suborno pra livrar o Flamengo do rebaixamento, quanto e quem pagou! Foram R$ 30 milhões, e o MP/SP sabe muito bem disso desde novembro do ano passado...sabe também quem pagou e quem recebeu, mas se calou!
    Da Lupa, Dr. Valdir, Ilídio...Plim Plim!

    ResponderExcluir
  6. Vcs acham que o Promotor Senise vai ter peito de denunciar a Globo e o Flamengo...faz-me rir!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele nunca me pareceu realmente interessado em buscar a verdade, mas sim publicidade.

      Excluir
  7. É positiva a retratação pública do Ilico Lobisomem, e reforça o que demonstramos desde o episódio: o Flu não errou e nem agiu no tapetão (fla e lusa que tentaram via bastidores que p regulamento não fosse cumprido, como confirmado pelo TAS nessa 2ª feira).
    Mas não concordo com a decisão do Flu de simplesmente retirar a ação.
    Não se trata apenas da declaração dada recentemente, mas da postura dele e sua equipe ao longo desses dois anos, sendo, a maior parte desse tempo, como presidente do clube.
    Ele diz que bebeu vinho forte e "deu branco". Deve ter sido o mesmo vinho tomado pela Flapress na noite que André Santos foi escalado.
    Diz que o Flu apenas se aproveitou do regulamento. Errado! Fla e Lusa foram punidos pelo regulamento. Flu ficou com a pontuação que conquistou em campo.
    Ilico ainda afirmou que pediu a retirada da ação, deixando claro que o fez por saber que a perderia. Mostrou medo de perder, e não preocupação com a imagem do Fluminense.
    Se o Flu não tem interesse no dinheiro desta que viria com essa ação, que o doasse integralmente (dando publicidade a isso) a uma instituição beneficente merecedora. Seria marketing positivo para o clube e defesa da imagem do clube.

    ResponderExcluir
  8. Um pedido de desculpas "da imprensa" não há como acontecer.
    Seria nobre, mas é esperar demais de qualquer um desses caras que se acham sumidades do esporte nacional, só por terem um microfone na mão em um país onde há liberdade de imprensa (ainda bem que há!...).
    Não consigo ver essa humildade e capacidade (pessoal e profissional) em nenhum dos mauros césares, anteros, kfouris, RMP zandonaides, da vida...
    Esperaria sim, que um Estadão, Globo, Veja, vissem ao público se retratar ou ao menos explicar o que aconteceu. Mas isso não ocorrerá, já que é deles o maior interesse de que o tema fique sempre no ar, sem esclarecimento e sem respingos sobre o mais-querido-da-imprensa.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.