BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - O TIME DA PORTUGUESA CONCENTROU OU NÃO?


Prezados leitores, um dos mistérios que perduram sobre o que aconteceu na última rodada do Brasileirão 2013 é o fato do time da Portuguesa ter concentrado ou não antes do jogo contra o Grêmio, no dia 8 de dezembro de 2013.
Embora seja um fato fácil de ser comprovado com a exibição de documentos, isso não ocorreu até a presente data.
Nós já comentamos o assunto algumas vezes, hoje recebemos o seguinte comentário:


"Aldo Vianna
28 de outubro de 2015 15:07
Coronel Paúl, essa história de que houve concentração do time da Portuguesa antes do último jogo é a maior cascata
Teve um torcedor tricolor que ofereceu R$ 5.000,00 (e ainda oferece, tenho certeza) pra quem conseguir provar que a concentração realmente aconteceu. 
E mais: a Lusa devia salários e direitos de imagem aos jogadores. Imagine a situação: o clube devendo, mas gastando uma grana em hotel, alimentação, bebidas, etc. e os jogadores pensando: 
- Podiam economizar pra pagar nossos salários, mas vão gastar o que não têm pra juntar um monte de homem em um hotel, pra um jogo que não vale mais nada? 
Deixo de novo o desafio: Quem puder provar que houve concentração que envie para o Ministério Público de São Paulo os documentos originais. 
Fotos de jogador dentro de carro e quartos, que não permitem precisar a data, não valem. 
Também não valem montagens de imagens de relatórios, que qualquer um com um computador pode fazer. 
Tem de mandar pro MP/SP os documentos originais. Se eles existirem, estão na contabilidade do clube da Portuguesa." 

Juntos Somos Fortes!

5 comentários:

  1. Eu tenho orgulho de ser tricolor sempre que leio algo assim. Claro, didático e objetivo. Questionar o quê?

    Nós podíamos fazer uma campanha nas redes sociais em busca da tal prova de concentração do Héverton. Explicando, é claro, que ela não invalidaria a tese contra o Clube de Regatas do Catete, caso ela exista.

    Eu não curto muito essas redes sociais, mas fato é que elas sempre geram algum impacto, mesmo quando o barulho feito é pequeno.

    ResponderExcluir
  2. Galera, vamos fingir em acreditar que depois que o Flamengo escalou um jogador irregular, ocorreu uma incrível coincidência onde a Portuguesa também colocou um jogador irregular em campo, salvando o MAIS QUERIDO do rebaixamento. MAS COMO O FLAMENGO É SORTUDO, MEU DEUS...

    ResponderExcluir
  3. Uma questão central é a pena aplicada ao Ewerton de dois jogos. Não cabia ao caso dele. Ele foi expulso por reclamar com o árbitro e recebe dois jogos. Para beneficiar quem, o flamengo que não corria risco de rebaixamento.?

    ResponderExcluir
  4. Em cinco anos de PORTUGUESA Ewerton foi expulso pouquíssimas vezes e pegou dois jogos por reclamar do juiz?

    ResponderExcluir
  5. Na terça, vice de futebol vascaíno afirmou que clube ajudou Flu a subir da Série C para a A
    04/11/15 - 15h14 | Atualizado: 04/11/15 - 15h34
    Facebook
    Twitter
    Plus
    Whatsapp

    Vice-presidente de futebol do Fluminense, Mario Bittencourt, garantiu que o time entrará em campo para vencer todos os jogos - Divulgação
    As declarações do vice-presidente de futebol do Vasco, José Luis Moreira, não repercutiram bem nas Laranjeiras. Nesta quarta-feira, o vice de futebol do Fluminense, Mario Bittencourt, afirmou que o tricolor fará de tudo para vencer os seus últimos cinco compromissos no campeonato e negou que o Flu tenha contado com ajuda vascaína para subir da terceira para a primeira divisão, em 1999.

    Na terça, Moreira citou o apoio vascaíno ao Fluminense, quando da realização da Copa João Havelange em 2000, para dizer que espera que o tricolor não entregue jogos contra os rivais do Vasco na luta pela permanência na Série A:

    — Espero que o Fluminense se lembre que já passou por isso. E que nós os ajudamos a sair da segunda divisão. Eu vou ficar de olho, porque é um direito meu e um dever enquanto dirigente. É claro que isso tudo que aconteceu fora de campo pode influenciar, aumentar a rivalidade. Eu espero que não aconteça, porque os clubes são profissionais. Mas está no ar.

    Bittencourt disse que o Fluminense não deve nada ao Vasco e que uma suposta ajuda do rival é uma "mentira repetida mil vezes que vira verdade".

    — As pessoas sabem os motivos pelos quais teve a Copa Havelange. Com relação a isso, lamentamos a entrevista dele, lamentamos a repetição dessa mentira, e nós aproveitamos agora essa oportunidade aqui para poder deixar muito claro que o Fluminense jamais teve qualquer tipo de ajuda.

    SEMANA DE PROVOCAÇÕES

    No último domingo, o tricolor venceu o clássico por 1 a 0 e complicou ainda mais a situação do Vasco. Após a partida, em uma rede social, o Flu postou a mensagem "o charuto apagou. Ponto", uma provocação clara ao presidente vascaíno, Eurico Miranda, que transformou em bordão a frase "o respeito voltou".

    Na terça, foi a vez do meia Vinicius declarar que eventuais derrotas que prejudiquem o Vasco deixariam jogadores e torcedores felizes. Bittencourt tentou amenizar as declarações do jogador:

    — Acho que é uma declaração talvez de um sentimento que ele tenha por tudo aquilo que tenha sido feito para ofender o Fluminense durante esse período, principalmente nesse ano de 2015. Tivemos alguns direitos atacados, e isso obviamente pode ter causado algum sentimento não só no Vinícius, mas na torcida também. O Fluminense é gigantesco e jamais participaríamos de qualquer tipo de situação para prejudicar outro clube.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.