BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

A POLÍCIA MILITAR PARECE UM DOENTE TERMINAL COM FALÊNCIA MÚLTIPLA DOS ÓRGÃOS

Prezados leitores, a nossa amada e gloriosa Polícia Militar parece um doente terminal com falência múltipla dos órgãos.




"Jornal Extra
09/01/17 18:38 Atualizado em 09/01/17 19:05 
PMs pagam consultas do próprio bolso e enfrentam fila de 12 horas para pedir licença 
Luís Guilherme Julião 
Policiais militares denunciam que estão tendo de enfrentar 12 horas de fila no Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, para fazer pedidos e prorrogação de licenças médicas. Além da falta de pagamento, eles também estão sem tratamento psiquiátrico desde setembro, quando o setor foi fechado na unidade de saúde por falta de médicos, conforme mostrou o EXTRA na época, e dizem estar sendo orientados a custear consultas particulares do próprio bolso.
Policiais que estavam na Seção de Perícias Médicas do HCPM nesta segunda-feira contaram ter chegado às 3h da manhã para conseguir atendimento e só pegaram o documento que garante o afastamento às 15h30. 
— Estamos sendo orientados a pagar uma consulta particular com um psiquiatra, que custa R$ 150, isso sem receber salário, para trazer o laudo aqui e conseguir a ata que garante o afastamento — disse um dos PMs, que pediu para não ser identificado (Leia mais)". 

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. Tenho repetido que a PM está sendo levada à morte, parece loucura. São inúmeras alterações em seu DNA sob o pretexto de modernização. Sem contar a influência política para utilizá-lá como mera agência de publicidade. Por isso os jovens oficiais correm o risco de não ter o que comandar em um futuro nem tão distante. As alterações euforicamente festejadas pavimentam o caminho desenhado pelos esquerdistas: desmilitarizar as PMs. Mas o que isso importa, não é mesmo? O importante é o agora. O amanhã? Outros que se virem.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.