BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

O QUE NOS AGUARDA NO PLANO DE RECUPERAÇÃO FISCAL DO RIO DE JANEIRO ?

Prezados leitores, a população, os servidores públicos, os militares (Bombeiros e Policiais Militares), os inativos (aposentados) e as pensionistas não podem pagar um centavo dessa conta que foi criada pelos governos Sérgio Cabral (o que está preso em Bangu8)-Pezão e Pezão Dornelles.
Não deve ser aceito qualquer aumento da contribuição previdenciária, o principal objetivo do governo.
Nós precisamos que o governo estabeleça um plano de recuperação das finanças dos servidores, dos militares, dos intaivos (aposentados) e das pensionistas.





"Rádio Agência Nacional
Governo finaliza plano de recuperação fiscal para o estado do Rio de Janeiro 
Karol Assunção 
Até quarta-feira (11), o governo deve anunciar um novo plano de recuperação fiscal para o Rio de Janeiro. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (09) pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, após se reunir com o governador do estado, Luiz Fernando Pezão. 
De acordo com Meirelles, equipes do Ministério da Fazenda e das secretarias de governo do Rio de Janeiro se reúnem nesta segunda e terça-feira para discutir o plano que, segundo o ministro, “definitivamente servirá para recuperação fiscal do Rio de Janeiro”. 
Meirelles não entrou em detalhes sobre o plano e afirmou que deve ser apresentado ao presidente da República, Michel Temer, até quarta-feira e, após aprovação presidencial, será encaminhado ao STF – Supremo Tribunal Federal – para homologação. 
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, acredita que o plano será bom para o estado e para a União e que deve ser bem recebido pela Assembleia Legislativa. 
Além de Meirelles e Pezão, participaram da reunião integrantes do Ministério da Fazenda e do governo do Rio de Janeiro, como o secretário-executivo da Fazenda, Eduardo Guardia, a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, o secretário da fazenda, Gustavo Barbosa e o titular da Casa Civil, Leonardo Espíndola (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.