BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

RÉVEILLON - COPACABANA - ROUBOS E FURTOS EM ABUNDÂNCIA



Prezados leitores, o Réveillon de Copacabana 2016-2017 apresentou algumas diferenças dos anos anteriores, sendo que a significativa diminuição do público foi a mais marcante, mas também tivemos a diminuição do tempo do show pirotécnico.
O que parece não ter sofrido diminuição foram os números de roubos e frutos, sobretudo de celulares,
A AOMAI recomendou preocupação especial com esses aparelhos na sua carta sobre medidas de segurança a serem adotadas pelos participantes.
Novamente, a delegacia ficou lotada.
Nos próximos dias teremos os números oficiais dos registros de roubos e furtos durante o Réveillon.
Uma cifra negra (roubos e furtos não registrados pelas vítimas) nos impedirá de valiara a grandeza do problema.
Leiam a reportagem do G1 e assistam o vídeo.

"Site G1
Flagrantes mostram brigas e roubos no Réveillon de Copacabana; veja vídeo
Imagens mostram homem de boné e isopor roubando quem estava na praia. Delegacia do bairro ficou lotada, especialmente de turistas roubados.
Por G1 Rio
02/01/2017 07h03 Atualizado há 1 hora
A noite que era para ser de paz e alegria foi de dor de cabeça para muita gente. A areia lotada de Copacabana, na Zona Sul do Rio, foi cenário de confusões e brigas na virada do ano. Quem estava na praia também reclamou de assaltos e arrastões, como mostrou o Bom Dia Rio.
As imagens mostram dois homens começaram a discutir e logo já estavam trocando socos e pontapés. A briga assustou quem estava por perto. O tumulto só foi controlado com a chegada da Polícia Militar.
“Roubaram muita gente, muita gente roubando, um atrás do outro”, reclamou a costureira Priscila, moradora de Itaocara.
Imagens mostram um homem que perdeu o celular enquanto filmava a queima de fogos. “Pegaram da minha mão, no ar”, contou a vítima.
As imagens também mostram um rapaz de boné, carregando um isopor, tenta roubar um homem de camisa branca, mas desiste. Minutos depois, se aproxima, por trás, de um homem de camisa listrada e aí então consegue levar um objeto que parece o celular.
Durante toda a madrugada do dia 1º de janeiro, a 12ª DP (Copacabana) ficou lotada. Muitas pessoas, especialmente turistas, foram registrar os assaltos. Além dos celulares, teve gente que ficou sem o documento de identidade.
“No empurra-empurra do show fui roubado. Meu celular, minha identidade e da minha esposa e dinheiro. Estou preocupado porque tenho que embarcar de volta e sem documentos. Acho que não vou conseguir”, disse Celso Macedo, turista de Minas Gerais.
A todo momento a polícia chegava com suspeitos detidos. Havia muita reclamação. Um turista de São Paulo disse que os assaltantes simularam uma briga e sem que ele percebesse, levaram o celular dele.
“Vocês podem olhar aqui na delegacia, 90% são roubo de celulares, e a maioria, tudo turista. A gente vem para se divertir e acaba tendo um prejuízo enorme. Inclusive, nem está pago ainda o celular”, lamentou o turista paulista.
A Polícia Militar disse que ainda está finalizando o balanço das ocorrências no Réveillon.
RIO DE JANEIRO (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.