BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

domingo, 8 de janeiro de 2017

RIO - CRISE - MENSAGEM DO COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR

Prezados leitores, transcrevemos novamente a mensagem do Comandante Geral da PMERJ publicada no site da instituição.


Coronéis Barbonos


"Nota do Comandante Geral da Polícia Militar 
Nos últimos dias, o Comandante Geral tem participado, junto com o Secretário de Segurança, de reuniões que contam com a presença das maiores autoridades do Estado do Rio de Janeiro. 
Nessas oportunidades, tem sido exaustivamente discutida a preocupação com o difícil cenário financeiro do Estado e as medidas de austeridade encaminhadas pelo Governo à ALERJ, onde algumas propostas, se aprovadas, afetariam sobremaneira a família policial. 
Como resultado desses encontros foi preparada uma proposta, com o aval do Governo do Estado, em que as medidas de austeridade sofrerão emendas para discussão no parlamento com as seguintes modificações: 
– O pagamento de salários seria garantido em dia, ocorrendo até o décimo dia útil;
– O 13° salário pago até o dia 20 de janeiro de 2017;
– O triênio mantido;
– Os reajustes salariais que seriam concedidos em 2020, antecipados para dezembro de 2017 e dezembro de 2018, acrescidos das atualizações do IPCA; e
– A passagem da contribuição previdenciária de 11% para 14%, será uma constante em todos os 27 entes federativos, contudo será diluída em alíquotas de 1% ao ano.
Diante da grave crise que assola o País e o Estado, entendemos que esse sacrifício de nossa parte, demonstra que mesmo com grandes necessidades, os integrantes da estrutura de Segurança Pública estatal e suas famílias estão contribuindo para a recuperação econômica/financeira do Rio de Janeiro. 
Precisamos continuar vigilantes e de forma disciplinada, nos aproximar dos nossos representantes nos Poderes Legislativo e Executivo, a fim de estabelecer um canal de comunicação que possa legitimar as nossas pretensões, sem qualquer ação reprovável que venha a comprometer nossa relação institucional. 
Para isso, reafirmo à minha tropa que o Comando da Corporação está em sintonia com os governantes e com Secretaria de Estado de Segurança Pública, levando a eles todas as necessidades existentes e assegurando que a preservação da ordem é compromisso de todos nós policiais militares. 
Finalmente, participam desta negociação, o Comando do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), o Chefe de Polícia Civil e o Secretário de Administração Penitenciária (Fonte)". 

Analisando a proposta apresentada destacamos: 
- o décimo dia útil será a próxima 6a feira (dia 13), será que o pagamento de dezembro sairá?
- o décimo-terceiro será pago até o dia 20?
- mexer nos triênios resultaria em milhares de ações judiciais.
- os reajustes salariais continuam sendo adiados. 
- NÓS ESTAMOS ACEITANDO O AUMENTO DA CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA, o que o governo mais quer. 
Efetivamente, a proposta não é boa para nós.

Juntos Somos Fortes!

33 comentários:

  1. Não posta mais os boletins meu amigo? Era um ótimo serviço do blog, continue sempre na luta, parabéns!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Estranho muito essa publicação, ja que essa proposta ja foi descartada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual é a nova proposta do Comando Geral? Informe e terei prazer em publicar. Juntos Somos Fortes!

      Excluir
  3. Essa proposta é engodo. Já foi rejeitada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual é a nova proposta? Ou não tem mais proposta alguma?

      Excluir
  4. Eles não tem o que falar e escrever, enfim, estão publicando mensagem antiga. Já foi rejeitada essa proposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que você não tem o que escrever ou falar. Quem rejeitou a proposta? Quando isso ocorreu? Qual é a nova proposta do Comando Geral? Ou, não existe nova proposta?

      Excluir
    2. Parece que você não tem o que escrever ou falar. Quem rejeitou a proposta? Quando isso ocorreu? Qual é a nova proposta do Comando Geral? Ou, não existe nova proposta?

      Excluir
  5. Se tem nova proposta não sei Paul, estas eu acho ruins, mas pergunto: Vc acha que não são boas, quais são as tuas e o que vc sugere, objetivamente, que deve ou deveria ser feito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Waldir, você também achou as propostas ruins, assim, seguindo seu raciocínio, pergunto: quais são as suas? Objetivamente, quais são as suas? Eu publicarei.

      Excluir
    2. Paul, não faço parte do Comando, do Conselho Superior de Comando ou qualquer comissão que, eventualmente, tenha sido criada para tratar deste assunto. Assim, não tendo acesso a quem tenha competência para RESOLVER a questão, me resumo a me submeter às tratativas levadas a efeito por quem a tem (o CmtG), não me arvorando a querer dizer o que fazer. No teu caso, vejo que vc tem a pretensão de achar que pode formar juízo de valor sobre os atos praticados pelo NOSSO COMANDANTE, por este motivo fiz a pergunta. Aliás, não costumo, pelo menos em redes sociais, fazer juízo de valor sobre atos de superiores, pares e até mesmo subordinados, apesar de já ter tido várias oportunidades. Abs

      Excluir
    3. Wladir, você é o Waldir. Eu sou o Paúl. Somos diferentes. Devemos respeitar as diferenças entre nós.

      Excluir
  6. Na minha opinião as propostas tem de vir dos praças pois o comando ta se lixando para todos os inativos e pensionista. Querem decidir sobre nossas vidas mas nao querem nos ouvir primeiro.
    Ja estou achando que passeatas nao surtem mais efeito.
    Qual seria o próximo passo?
    As coisas estão muito feias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quais são as propostas dos Praças? Encaminhe e publicarei. Obrigado!

      Excluir
    2. Quais são as propostas dos Praças? Encaminhe e publicarei. Obrigado!

      Excluir
  7. Cel, já tinham sido rejeitadas, enfim, qual a melhora nessa proposta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem rejeitou as propostas? Quais as novas propostas? As pensionistas têm pressa na solução da crise.

      Excluir
  8. Essas propostas são do próprio governo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, quais são as propostas do Comando Geral? Publiquei um vídeo do Cmt Geral com essas propostas. Vou republicar.

      Excluir
  9. Cel, essas propostas são do governo enviado para Comandantes Gerais das instituições, Chefia de Polícia e Secretário dá administração penitenciária, enfim, em 2016 já foram rejeitadas, porém, concordo que tem que resolver logo, em virtude das pensionistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor, rejeitadas por quem, onde e quando? Leia o novo artigo e assista o vídeo.

      Excluir
  10. A verdade é uma só, enfim, vamos ter que abrir mão de uma parte do salário para receber. É isso que o governo está jogando, ou seja, a cada dois meses vamos receber 1 mês de salário.

    ResponderExcluir
  11. Eu sou a favor de primeiro pagar as pensionistas e aposentados, e por último o pessoal dá segurança dá ativa.

    ResponderExcluir
  12. Cel, todos que foram nas manifestações rejeitaram essas propostas, enfim, elas foram enviadas pelo governo para os Comandantes e Chefia, e consequentemente, apresentada a tropa que rejeitou. Essas propostas são do governo. Também sou a favor de resolver a situação das pensionistas e aposentados primeiro.

    ResponderExcluir
  13. Sou a favor de primeiro pagar aposentados e pensionistas, enfim, são os que mais precisam.

    ResponderExcluir
  14. As pensionistas não trabalharam meu amigo e nós ainda trabalhamos

    ResponderExcluir
  15. Nenhum lobby vai fazer esse CG que está aí ser diferente de todos os outros: um representante do governo na PMERJ. Sabe que as coisas estão feias e usa a Internet para se proteger e proteger o governo. Circulou no zap uma carta aberta de um soldado do 18 BPM, vocês coronéis deveriam estar sentindo vergonha.

    ResponderExcluir
  16. A minha proposta é a certeza do pagamento, se é 10 dia útil, se a previdência vai de 11% para 14% isso não importa, o importante é ter a certeza e um dia fixo do pagamento.

    ResponderExcluir
  17. Cel Paul o Sr deveria chamar as praças para uma reunião traçando uma nova mensagem para o governo. Convocação de Barbonos e os 40 da Evaristo está errado. Tentaram e foram traídos por um que assinou que não assumiria o CG

    ResponderExcluir
  18. Este aumento que seria adiantado está errado, já foi assinado em 2014. O governo quer que a ALERJ vote para ser pago em 2020, aí vem o CG e diz que vai antecipar para DEZ 2017 a primeira parcela, o governo quer ganhar um ano sem aumento usando o CG.

    ResponderExcluir
  19. A ALERJ não votou então o aumento está valendo. Outra coisa é o pagamento no 10° dia útil, quem concordou com isso? O pagamento deverá ser até o 5° dia útil é o que diz a lei. 13° já cabe ação na justiça pois o governo não cumpriu a lei. Onde está a dificuldade de entender isso?

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.