BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

REDE GLOBO: OS DIAS NÃO ERAM ASSIM...

Prezados leitores, a Rede Globo parece ter esquecido como era a criminalidade.
Naqueles época os dias com certeza não eram assim.


video


Juntos Somos Fortes!

4 comentários:

  1. Não era assim, mas antes dos militares também não era. Para avaliar qualquer tipo de administração devemos, antes de mais nada, analisar o estado das coisas quando o administrador assumiu e como ficou a situação quando terminou sua administração. Não podemos dar crédito a um governo por uma coisa que ele não fez. Se antes do governo militar não havia violência como hoje em dia, não podemos colocar baixos índices de violência na conta desse governo. Se antes dos militares tivesse havido violência fora de controle e isso tivesse cessado com a entrada deles, a sua crítica faria sentido.
    O processo do aumento da violência no Brasil vem de antes do período militar, continuou com esse regime e depois da redemocratização. Não é culpa de um ou de poucos governos, mas de todos eles. Vale lembrar que o crime começou a se organizar durante o governo militar, inclusive com o surgimento do primeiro grupo criminoso organizado do Brasil, a Falange Vermelha, que se deu entre 1969 e 1975, durante a ditadura. Consequência, entre outras coisas, da convivência forçada entre bandidos comuns, bandidos políticos e pessoas que apenas faziam oposição ao governo, além do aumento da desigualdade social causada pela política econômica equivocada do "fazer o bolo crescer para depois dividir" e o fato de terem deixado os morros das grandes cidades e outras áreas carentes largados, com favelas crescendo em cima deles, sem qualquer apoio do Estado, entre outras coisas.
    Havia algumas coisas melhores na época, mas já vinham de antes, principalmente dos anos 50, na minha humilde opinião, a grande década do Brasil. Defender um governo por algo que não surgiu de uma ação desse governo é no mínimo um erro de avaliação, assim como jogar tudo que existe de ruim para o "outro lado", principalmente quando sabemos que todos os lados estão sujos. Na grande maioria dos casos, direita e esquerda passam longe de semelhanças com algum tipo de santidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa análise, mas os tempos não estão para análises. Estão para combater o que há de ruim por ai ...

      Excluir
  2. A questão não é jogar para um lado ou para outro.
    O grande problema é a situação atual que vivemos, somos reféns do crime, estamos em risco constante e nada vemos para que isso possa ser mudado.
    O Rio de Janeiro está clamando socorro em todos os sentidos..

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.