BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

sexta-feira, 14 de abril de 2017

DEPUTADOS NÃO TÊM CONDIÇÕES MORAIS DE VOTAR NADA CONTRA FUNCIONALISMO E MILITARES

deputado Jorge Picciani e ex-governador Sérgio Cabral

Prezados leitores, o aliado mais poderoso dos governos Sérgio Cabral e Pezão também foi denunciado pelo recebimento de propinas.
Como aceitar que Picciani (ou algum preposto) conduza votações na ALERJ que prejudicarão o funcionalismo público e os militares (policiais e bombeiros)?
Os militares e os servidores públicos não podem aceitar esse absurdo.

"Jornal O Globo
Odebrecht teria pago mais de R$ 5 milhões para Jorge Picciani 
Em delação, Benedicto Barbosa disse que pagamento foi feito em três parcelas de € 700 mil 
13/04/2017 16:54 / Atualizado 13/04/2017 17:54 
RIO - O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou para a Justiça Federal do Rio de Janeiro o teor da delação premiada de Benedicto Barbosa da Silva Júnior, que comandava o Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, o chamado "departamento da propina", envolvendo o Deputado Estadual do Rio de Janeiro Jorge Picciani (PMDB-RJ). Em seu depoimento, Benedicto relata que a construtora Odebrecht repassou pagamentos a Jorge Picciani a "pretexto de doação eleitoral" em 2010 e em 2012. Os valores somam R$ 5,4 milhões (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. Por que que as Polícias Militares não estão estruturada, qualificada e constitucionalmente habilitadas para combater este tipo de criminoso? Com mais de 200 anos de existência, ainda têm como alvo principal o bandido pé de chinelo.
    Veja que o Sérgio Cabral teve a Polícia Militar do Rio de Janeiro sob suas ordens por 8 anos e agora a Polícia Militar do Rio de Janeiro está sob as ordens do seu comparsa Pezão.
    Ao invés da Polícia Militar mandar estes vadios deitarem no chão, algemá-los e conduzi-los à autoridade judiciária, são estes vadios que estão dando ordens para as Polícias Militares.

    Parece que para os comandantes das Polícias Militares, se acabarem com os traficantes do morro e os bandidos pé de chinelo em geral, a sociedade está protegida e a ordem pública mantida. Não está.
    Olha a desgraça que está o Brasil, e vê se tem UM, UM, UM pé de chinelo, envolvido na roubalheira do dinheiro público? NÃO TEM. São só bandidos da high society, aos quais os comandantes das Polícias Militares são subservientes.

    Os bandidos perigosos, porém, da periferia, nada mais são do que um substrato do caráter dos nossos políticos.

    Veja esta:
    “PMs invadem igreja ao lado da Alerj para jogar bombas em manifestantes”

    Policiais militares que atuaram no protesto de servidores na área da Alerj, invadiram a Igreja de São José, que fica ao lado da casa legislativa, e usaram o local como base para lançar bombas de efeito moral em direção aos manifestantes. Os policiais quebraram os vidros do segundo andar da edificação e passaram a atirar contra a multidão.

    Os servidores, entre eles policiais civis, bombeiros e agentes penitenciários, protestavam contra o pacote anticrise do governo do Estado do Rio, que começou a ser votado pelos deputados.

    Ou seja, corruptos reunidos na Alerj, presidida por este imoral, fazendo projetos para cobrar do povo o dinheiro que eles roubaram dos cofres públicos e a Polícia Militar dando COBERTURA.

    Quem se beneficia com este tipo de manutenção da ordem pública:
    A sociedade com mais verbas para saúde, saneamento básico, escola de qualidade e mais paz social ou os corruptos com mais poder e mais verbas para roubarem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As Polícias Militares precisariam realizar o ciclo completo para investigar esses crimes, algo que defendo sempre. Atualmente, são as Polícias Civis que têm essa responsabilidade.

      Excluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.