BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

segunda-feira, 3 de abril de 2017

ONG NÃO APRESENTA SOLUÇÃO, MAS CRITICA A POLÍCIA E OMITE O ÓBVIO



Prezados leitores, mais uma ONG faz uma reclamação formal contra a ação policial  no Rio de Janeiro, estado onde os confrontos armados ocorrem toda hora e em todos os lugares, na guerra que se instalou.
A ONG, como todas as outras, alega o elevado número de jovens negros e pobres que morrem em confronto com a polícia, mas não apresenta uma solução para o o problema e deixa de citar um dado que as ONGs de direitos humanos ignoram sistematicamente, ou seja, o fato de que a maioria dos que confrontam com as polícias são jovens negros e pobres moradores de comunidades carentes.
Diante dessa realidade cruel com as populações carentes, reconhecemos, mas que não pode ser ignorada nas análises, não se pode esperar que a maioria dos mortos em confronto com as polícias fossem jovens brancos de classe média.
Quem mais confronta com as polícias, reúne maiores possibilidades de matar policiais e de ser morto por policiais e no Rio de Janeiro a grande maioria dos que confrontam são jovens negros e pobres.
Eis a realidade.

"Jornal O Dia
ONG denuncia à ONU violação de direitos humanos contra jovens e negros 
Entidade lembrou do caso de Maria Eduarda e disse que 182 pessoas foram mortas em conflitos com agentes de segurança no estado em 2017 
02/04/2017 19:41:27
AGÊNCIA BRASIL
Rio - A Organização Não Governamental (ONG) Justiça Global apresentou denúncia à Relatoria de Execuções Extrajudiciais Sumárias e Arbitrárias da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o número de mortes decorrentes de violações de direitos humanos contra a população jovem e negra, moradora de favelas e periferias. 
Segundo a entidade, nos dois primeiros meses de 2017, foram mortas 182 pessoas em conflitos com agentes de segurança no Estado do Rio de Janeiro (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. Ongs fomentadas pela Esquerda! Inúteis , preguiçosos, opirtunistas e anárquicos! O que eles querem é que o Estado deixe essas regiies pibres e favelas viver sua Cultura do crime! Só que esse glamour do crime tem um preço e os "candidatos à família ou comunidade do crime precisa levantar fundos! Como não teabalham vão fazer o que sabem e gostam; roubar e natar! Estamos cheios dessa hipocrisia do Estado e da Midia! Falar nisso a bala que acertou a menina fou de uma K47 daquele bandido caído no chão

    ResponderExcluir
  2. Essas Ongs tiveram os 14 anos de Lula Dilma e PT no poder para tirar essas comunidades e favelas da marginalidade, mas ao contrário, lhes isolou mais ainda na Cultura do crime e transformaram essas comunidades favelas em uma sub vida e submundo do crime por opção; rejeisão a Civilização ,ao Estado e a Cultura! Criaram sua propria cultura ; a Cultura do crime! Essas ongs deviam ser processadas!!

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.