BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

domingo, 28 de maio de 2017

BRASIL: SEM LIMITES PARA "ROUBAR"

senador Aécio Neves e ex-governador Sérgio Cabral

Prezados leitores, a cada dia que passa com a sua delação premiada correspondente, solidifica a certeza de que a "vontade de levar vantagem" está presente no país como um todo.
A capilaridade da cleptocracia impressiona nos três níveis governamentais, por sua vez, parte significativa da população parece nascer com essa anomalia de temperamento: a "vontade de levar vantagem".
A situação é tão grave que não nos parece apenas uma psicopatia comportamental, mas algo inimaginável como o fato do mal estar inserido no genótipo dessa parte da população, passando de pai para filho.
Diante do comportamento que está sendo evidenciado em alguns pelo noticiário não é absurdo acreditar que ele (ou ela) "nasceu para roubar".
A situação é gravíssima.
Será muito difícil e demorado encontrar o remédio para resolver o problema, isso se um dia ele for descoberto e inoculado compulsoriamente nas crianças ao nascer, matando o mal no nascedouro.
Além dessa quase impossibilidade, caso esse ponto seja alcançado, certamente, os contaminados existentes na época darão o seu jeito para que médicos e enfermeiros também contaminados apliquem em seus filhos e netos, apenas um placebo.
É muito triste vivenciarmos a destruição de um país, um Brasil que nunca se consolidou verdadeiramente como nação, provocada pelo seu próprio povo.

"Jornal O Globo
Delações revelam esquema de propina em troca de créditos tributários 
Executivos da JBS e Odebrecht citaram pagamentos a campanhas de Cid Gomes, Aécio Neves e Yeda Crusius 
por André de Souza / Manoel Ventura 
28/05/2017 4:30 / Atualizado 28/05/2017 11:02 
BRASÍLIA - As delações premiadas da Operação Lava-Jato vêm mostrando uma prática ilícita, desconhecida e corriqueira em vários estados. Uma empresa tem créditos fiscais a receber do governo estadual, que, por sua vez, simplesmente não os paga e deixa esses créditos acumularem. Chega o ano de eleição e, finalmente, a empresa consegue o dinheiro devido. Mas isso não sai de graça. Em troca, é feita uma contribuição para a campanha, ou é repassado dinheiro por fora (Leiam mais e assistam a reportagem)". 

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. Se acabar com a corrupção e com a espertiza no Brasil, milhões de cérebros perderão sua utilidade.
    Teremos milhões de ex-corruptos e ex-espertos ociosos perambulando pelas ruas sem rumo e sem destino.
    E outros milhões otários ficarão sem saber o que fazer da vida, livre da exploração e do jugo dos corruptos e dos espertos.

    ResponderExcluir
  2. A essas alturas , como disse o general Vilas Boas, já não é suficiene uma mobiluzaçao popular estadual ! Precisamos articular uma moniluzação Nacional consciente! A começar essa consciência no meio milutar das FA e das Policias do Brasil , e familuates! Já devemos ir contactando algum fazendeiro patriota no entorno de Brasilia , que nos proporcione base logítica para receber una 8 a 10 milhões de brasileiros; Vamos precisar tomar Brasílua e mostrar para a ONU ( preto no branco) que somos o mocinho e vítimas e o criminoso , acrescudo de impunidade , nos consteange e ameaça

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.