BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

CASO TEMER: DEFESA NÃO DESMENTE O CONTEÚDO, APOSTA NA IMPRESTABILIDADE DO ÁUDIO COMO PROVA



Prezados leitores, uma reviravolta no caso Temer.
A defesa do presidente Temer desistiu de tentar suspender o inquérito no Supremo Tribunal Federal.
Aposta todas as fichas que a prova (áudio) é imprestável.
Agora a defesa quer a continuidade do inquérito e que seja breve.
Juridicamente pode ser considerada uma aposta com alguma chance, porém, salvo melhor juízo, para a opinião pública e para o mundo político valem os fatos condenáveis que o presidente não consegue explicar.
Só não podemos esquecer na avaliação que estamos no Brasil, onde tudo é possível.

"Site G1
Defesa faz perícia própria e desiste de suspender inquérito para investigar Temer 
Advogado diz que perícia apontou 70 'pontos de obscuridade' na gravação da conversa entre Temer e empresário. Com isso, quer agora que inquérito prossiga para 'provar a inocência' do presidente. 
Por Mariana Oliveira, TV Globo, Brasília
22/05/2017 16h07 Atualizado há 10 minutos 
O advogado Gustavo Guedes, que integra a defesa de Michel Temer, disse nesta segunda-feira (22) que a defesa não vê mais necessidade de o plenário do Supremo Tribunal Federal julgar o pedido de suspensão do inquérito que investiga o presidente. 
Segundo ele, a defesa contratou uma perícia própria que constatou 70 "pontos de obscuridade" na gravação da conversa entre Temer e Joesley Batista, na qual a Procuradoria Geral vê indício de cometimento, pelo presidente, de crimes de obstrução à Justiça, corrupção passiva e organização criminosa. Na conversa, o empresário faz relatos de crimes a Temer, sem que nenhuma providência tivesse sido tomada. 
Guedes disse que, como a defesa tem segurança de o áudio é "imprestável", quer agora que o inquérito prossiga para "provar a inocência" do presidente (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. O áudio é apenas mas um dos elementos que podem embasar a acusação contra o presidente.
    Acho até que ele pode ser afastado sem afastar provas mais robustas que ele.
    Na verdade é como se temer tivesse traído por sua mulher e o acusassem de adultério e ele alegasse que estava com um travesti para escapar, contudo, ele continuou traindo a sua mulher.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.