Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

sexta-feira, 5 de maio de 2017

POLICIAL MILITAR E CRIMINOSO FLAGRADOS TRANSPORTANDO 3.500 MUNIÇÕES



Prezados leitores, nós esperamos que o Policial Militar possa exercer a sua ampla defesa, mas caso seja comprovada a sua participação na venda de munições, ele será considerado um traidor da Polícia Militar e dos Policiais Militares, por estar contribuindo para o risco de morte dos seus companheiros de farda.

"Jornal Extra 
05/05/17 04:10 Atualizado em 05/05/17 04:15 
PM é preso após ser flagrado transportando 3.500 munições na Zona Norte
Rafael Nascimento 
Um policial militar foi preso após ser flagrado transportando uma grande carga de munição dentro de um veículo na Zona Norte do Rio, na noite desta quinta-feira. A ação aconteceu na Estrada Velha da Pavuna, importante via que corta alguns bairros daquela região do município. O PM, que de acordo com informações preliminares é lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Vila Cruzeiro, foi identificado como Vinícius dos Santos, de 25 anos. Ele estava à bordo de um automóvel, modelo I30, de cor prata, acompanhado de outro homem suspeito, quando foi abordado por agentes da 39ª DP (Pavuna), por volta das 18h30m. 
Os agentes realizavam diligências na região, para levantar informações sobre a atuação do tráfico naquela área, no momento em que desconfiaram do veículo e fizeram a abordagem. De acordo com a Polícia Civil, depois de uma revista realizada no interior do carro, foram encontradas 3.495 munições de calibre 9mm. 
O outro ocupante do veículo, ainda conforme informações de agentes da Polícia Civil, foi identificado apenas pelo apelido: Índio. Ele seria oriundo de Senador Camará, que fica na Zona Oeste do Rio. Além disso, o homem já era procurado pela polícia por crimes como tráfico de drogas. 
Após a ação na estrada, os dois foram levados para a delegacia da Pavuna, onde o caso foi registrado. Para o mesmo local, também foram encaminhados o veículo e as munições. O material foi apreendido. A Polícia Civil, no entanto, ainda não revelou a procedência do automóvel: se era roubado ou não; ou o destino que seria dado às munições — uma das suspeitas é que os projéteis seriam vendidos para traficantes. A informação, porém, não foi oficialmente confirmada pela corporação (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. Maldito recruta. Merece o quê? Estamos sendo mortos diariamente e esse infeliz misturado com nossos inimigos. Espero que ele se enforque no BEP.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.