Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

WHATS APP: O PRINT DA CAPITÃ CMT DE UPP E OS ÁUDIOS DO AGENTE PENITENCIÁRIO



Prezados leitores, somos forçados a insistir que tudo que é postado nas redes sociais de forma anônima, deve ser analisado com todo cuidado. Aliás, diante da possibilidade de ser forjada a autoria, até as publicações com autoria identificada merecem toda cautela.
Hoje fomos surpreendidos de forma negativa com duas postagens:
1) Uma print de uma postagem que teria sido feita por uma Capitã PM Comandante de uma UPP dirigida para seus comandados.
2) Dois áudios que seriam de um Agente Penitenciário nos quais ele faz duras críticas contra os Policiais Militares, chegando ao absurdo de sugerir que os agentes deveriam atirar nos PMs caso eles entrassem nos estabelecimentos prisionais.
Nós publicaremos a imagem do Whats App e os áudios, o que não fazemos neste artigo diante da necessidade de converter os arquivos de áudio.
As duas são gravíssimas e devem ser apuradas para identificar a autoria e para estabelecer responsabilidades.
Como alguém pode imaginar que comanda se dirigindo daquela forma aos seus comandados?
Como alguém pode sugerir que se atire contra policiais?
Certamente, assim não solucionaremos nossos problemas e nem as nossas frustrações.
É hora de união contra o governo, mas não podemos perder o respeito entre as categorias.
Nós compreendemos que o desespero está alcançando muitos servidores e militares do estado do Rio de Janeiro, sendo o desespero um péssimo conselheiro, mas profissionais não podem perder por completo os limites que separam o certo do errado.
O Secretário de Segurança Pública e o Secretário de Administração Penitenciária precisam determinar a instauração dos procedimentos apuratórios cabíveis.

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.