BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

terça-feira, 11 de abril de 2017

RIO - CONVULSÃO SOCIAL - PARCELAMENTO DO PAGAMENTO DA SEGURANÇA PÚBLICA



Prezados leitores, a ação dos governos Sérgio Cabral e Pezão e a omissão dos órgãos que deveriam fiscalizá-los, entre eles a ALERJ, está perto de mergulhar o Rio de Janeiro em uma crise gigante.
O substituto do deputado Jorge Picciani na presidência da ALERJ teme uma "convulsão social".

"Site G1
André Ceciliano assume Alerj na licença de Picciani e diz temer 'convulsão social' no RJ
Em entrevista exclusiva ao G1, petista diz que Rio pode viver momento conturbado em maio, com parcelamento de policiais. Titular pediu licença médica para tratar câncer. 
Por Gabriel Barreira, G1 Rio
09/04/2017 07h16 Atualizado 09/04/2017 07h19 
(...) 
Crise 
O petista reconhece que a necessidade de intervir na crise é grande, mas diz que o Estado depende em grande parte da ajuda federal. Ele estima que, sem o apoio externo, o Rio pode viver uma "convulsão social" já no próximo mês, com o parcelamento do salário de policiais.
"Nós temos mais uns 20, 30 dias para resolver o problema. Tem categorias recebendo em até 8 vezes, parcelado. A Segurança recebe atrasado, mas dentro do mês. Como vai continuar pagando a Segurança no dia se o MP se o Tribunal de Justiça já foram à Justiça para garantir o duodécimo. Seguramente teremos que parcelar também [a Segurança] se não resolver [nacionalmente] o problema. Acredito que, se não resolver o problema até maio, o Rio de pode viver uma convulsão social" (Leiam mais e assistam a reportagem)". 

Juntos Somos Fortes!

4 comentários:

  1. O Estado é só um Sistema! Nossos governantes não são nossos líderes ou representantes! São apenas oportunistas que cometeram o maior dos crimes ; são tão responsáveus pelo estado e seu povo, como um mor
    torista de ônibus é responsável por conduzir bem um ônibus cheio de passageiros! Se ele ficar fazendo loucuras enquanto segue sua linha e ababar batendo ou jogando o ônibus de cima de um viaduto lá em baixo, ele é o responsável! Precisamos urgente de Líderes fora do Sistema! Do Sistema tá parecendo fora de Controle! Precisamos criar urgente um "Governo Paralelo" para o povo ter uma referencia

    ResponderExcluir
  2. O epicentro desta crise ocorreu em Brasília, o Rio de Janeiro foi um dos Estados mais atigido, por causa de abalos secundários (Cabral, Pezão, etc.).
    Segundo a lei da física dois corpos não ocupam o mesmo espaço, logo, nos três poderes, competência e incompetência não ocupam o mesmo espaço, o resto é consequência. Se a sociedade não se mobilizar para reverter esta situação, não vão ser os políticos trabiqueiros e as autoridades omissas (que causaram ou consentiram que causassem esta situação), que irão reverter. Seria o mesmo que esperar que os bandidos, que esplodem caixas eletrônicos e roubam o dinheiro, devolvessem o dinheiro roubado e reconstruissem os caixas que eles esplodem.

    ResponderExcluir
  3. Não tenho dúvidas, a cada dia o perigo se aproxima mais e mais de nós e nossas famílias. Porém, acho que é justamente um "sacode" de norte a sul, de leste a oeste (e demais combinações possíveis na Rosa dos ventos) o que está faltando para políticos e demais canalhas saqueadores do dinheiro público tomem rumo. Nenhuma nação conseguiu se livrar de tiranos e saqueadores sem lhes jorrar o sangue das entranhas. Foi assim com Solano Lopes, Stalin, Hitler, Mussoline, Moammar Gaddhafi e outros. Não gostaria de ver o RJ entrar para a historia tão negativamente. Pessoas estão morrendo por falta de remedios, alimentação adequada e tristeza de nao poder receber seus salarios, aposentadorias e pensões. Autoridades incompetentes, vocês estão abusando desse povo pacífico e passivo, mas uma hora alguém toca reunir geral (como deve ter sido em 2013 pelos R$ 0,20) e vocês verão um milhão de pessoas dispostas a matar, morrer e lhes retirar dos gabinetes, câmaras, palácios e tocas para suas carcaças serem arrastadas e expostas em praça pública para alimentar seus iguais, os urubus. Em um Estado como o nosso, uma convulsão social pode gerar o caos total e sem controle.

    Já está passando da hora da União intervir no RJ sem que o gigante volte a acordar.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.