BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

DIA 29 DEZ 16 - REUNIÃO - CONVITE - POLICIAIS MILITARES, BOMBEIROS MILITARES, PENSIONISTAS E ASSOCIAÇÕES



Prezados leitores, hoje (27/12/2016) realizamos uma nova assembleia na AOMAI. 
Dentre outras deliberações(as quais serão divulgadas aqui no blog e nas redes sociais), definimos por concretizar uma demanda existente desde a primeira reunião, qual seja, conseguir um local mais amplo que a sede da AOMAI de modo a permitir a participação de Oficiais e Praças da PMERJ e do CBMERJ, ativos, inativos e pensionistas, conquanto todos pertencemos a Família Militar Estadual. 
O local é o Clube de Subtenentes e Sargentos do CBMERJ, situado na Travessa Carlos Xavier, 96, Madureira, Rio de Janeiro - RJ. 
A primeira reunião conjunta foi agendada para o dia 29 de dezembro de 2016 (5a feira), às 19:00 horas. 
O nosso objetivo principal será a discussão de propostas para reverter, a curto e a médio prazos, a grave situação que estamos vivenciando, decorrente do atraso e até da falta dos pagamentos de proventos e pensões. 
Também estão convidados para a reunião os ilustríssimos senhores Comandantes Gerais da PMERJ e do CBMERJ, enquanto líderes institucionais ou seus representantes, assim como representantes de todas as associações de classe das duas instituições. 
Não custa lembrar que todos deverão estar em trajes civis, desarmados e de folga, razão pela qual a escolha do horário - 19:00 horas. 

Juntos Somos Fortes!

7 comentários:

  1. Esse governo podre vai saber que nunca mais ouse ferir a dignidade daqueles que protegem e salvam vidas nesse Estado!
    Juntos Somos Fortes!

    ResponderExcluir
  2. Estarei Lá! Vamos à luta por dias melhores...

    ResponderExcluir
  3. O Ministério Público Federal do Rio investiga se o grupo liderado pelo ex-governador Sérgio Cabral tinha uma outra forma de lavar dinheiro. Dessa vez, o alvo é uma consultoria prestada por Hudson Braga, ex-secretário estadual de Obras, e que rendeu à uma empresa que explora gás a partir do lixo, um contrato de R$ 1 bilhão junto à Companhia Estadual de Gás (CEG). Por atuar nesta negociação, Braga recebeu pouco mais de R$ 2 milhões. As informações foram reveladas nesta terça-feira (27) pelo RJTV.
    Os valores foram depositados entre 24 de junho e 20 de julho deste ano nas contas da empresa em que Braga possui em sociedade com Susana Armbrust, mulher do atual presidente da CEG, Bruno Armbrust. Os investigadores chegaram a essas conclusões após o depoimento do empresário Paulo Tupinambá à Polícia Federal. Tupinambá foi o responsável pelos depósitos. Ele é proprietário da empresa Gás Verde, que extrai e comercializa biogás do Aterro de Gramacho, na Baixada Fluminense.
    Em seu depoimento, Tupinambá disse que contou com a ajuda de Hudson Braga para fechar o contrato de R$ 1 bilhão. A Receita Federal descobriu que Braga e Susana Armbrust, mulher do presidente da CEG, são representantes no Brasil da empreiteira espanhola Sogeosa. O MPF quer saber se houve realmente a consultoria ou se foi mais uma forma utilizada por Braga para lavar dinheiro.
    Na investigação que resultou na operação Calicute, Hudson Braga recebia das empreiteiras 1% do valor das obras realizadas no Estado do Rio. Segundo os investigadores, Braga chamava esse valor de propina de "taxa de oxigênio".

    Paulo Tupinambá falou ainda que a contratação da consultoria se deu porque a diretoria da sua empresa, a Gás Verde entendeu que Hudson Braga era um agente legítimo de mercado e que não havia - naquele momento - nada que desabonasse o ex-secretário. O RJTV já havia perguntado duas vezes à Companhia Estadual de Gás (CEG) se Hudson Braga teria participado da negociação do contrato com a Gás Verde. A empresa sempre afirmou que as negociações foram feitas sem intermediários ou consultorias. Nesta terça (27), confrontada com a informação de que Hudson Braga participava pessoalmente de reuniões na presidência, a concessionária mudou de versão. Confirmou a presença do ex-secretário em encontros na empresa.
    A CEG afirmou que, quando isso ocorreu, Hudson Braga se fez como convidado da Gás Verde e estava junto com os representantes dessa empresa. E que não tem como se manifestar sobre consultorias contratadas diretamente pela Gás Verde.
    Susana Armbrust, mulher do presidente da CEG, afirmou que a representação da empreiteira Sogeosa nunca chegou a funcionar formalmente. Ela explicou que fazia um papel burocrático na empresa, sem relação com os sócios e que não é amiga de Hudson Braga.
    O advogado de Hudson Braga disse que a defesa do ex-secretário irá prestar esclarecimento as autoridades.
    RIO DE JANEIRO

    ResponderExcluir
  4. Está rolando um papo nas redes sociais, que o governo vai pagar somente a PM o 13° até o dia 29.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Senhores, gostaria de colocar a associação Nacional de agentes de segurança pública e privada e Peritos judiciais e servidores federais, ANASEPOL adisposiçâo e dizer que estaremos juntos com todos vcs nesta luta porque juntos Somos mais forte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado!
      Se for do interesse encaminhe para meu e-mail um ofício comunicando esse apoio e teremos prazer de publicar e divulgar.
      pauloricardopaul@gmail.com

      Excluir
  6. Trabalhamos muito tempo com dignidade e amor a essa profissão e hoje esse governo nos trata como um nada

    CBMERJ

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.