BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

RÉVEILLON - REVISTA VEJA REPERCUTE CARTA ABERTA DA AOMAI



Prezados leitores, nós temos agradecido a todos os órgãos de imprensa que estão repercutindo a "Carta Aberta da AOMAI", tendo em vista que isso promoverá precauções em todos que participarem do Réveillon em Copacabana.
Nosso objetivo foi GARANTIR A INTEGRIDADE DAS PESSOAS.

"Revista Veja
Brasil Associação pede cancelamento do Réveillon de Copacabana
Grupo de oficiais militares ativos e inativos da PM e do Corpo de Bombeiros teme que "grave crise política e financeira" provoque manifestações violentas 
Por Luiz Felipe Castro
28 de dezembro de 2016 
A Associação de Oficiais Militares Ativos e Inativos da PM e do Corpo de Bombeiros (Aomai) divulgou nesta quarta-feira uma carta na qual pede ao governo do Rio de Janeiro o cancelamento das tradicionais festividades de Réveillon em Copacabana. A Aomai afirma que, por causa da “grave crise política e financeira que atravessa o Estado”, podem haver manifestações de “proporções violentas”. 
“A Aomai, antevendo a possibilidade de ocorrência de manifestações que, pela amplitude e quantidade de pessoas envolvidas, poderão tomar proporções violentas e atentatórias a integridade da população presente ao evento, recomenda o cancelamento dos shows artísticos e pirotécnicos no município do Rio”, diz trecho da carta assinada pelo presidente da associação, coronel Adalberto de Souza Rabello, endereçada ao governador Luiz Fernando Pezão e ao prefeito Eduardo Paes. 
Segundo o coronel reformado da Polícia Militar, Paulo Ricardo Paúl, que participou da elaboração da carta, o risco de ocorrer protesto é real. “Já tivemos manifestações violentas no Rio de Janeiro neste ano e o melhor lugar para se protestar é o Réveillon de Copacabana, que recebe 2 milhões de pessoas. Isso pode causar uma tragédia terrível.”
Em suas redes sociais, a Prefeitura do Rio de Janeiro garantiu a manutenção do evento. “Vocês perguntaram e aqui está: vai ter queima de fogos na virada do ano, sim!”, informou a prefeitura nesta quarta-feira, repassando as informações sobre a famosa queima de fogos na cidade (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. Não acredito que os senhpres acham que o governo tenha medo de uma mera cartinha.
    Isso nao adianta.
    Agora já era.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada ser humano avalia os fatos com o ferramental cultural que possui. A carta repercutiu em todo Brasil e em vários países. Ela serviu para que nas entrevistas falássemos dos problemas que servidores, militares, inativos e pensionistas estão vivenciando. A carta foi um golpe de mestre, lamento se você não conseguiu entender.

      Excluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.