BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

GOVERNO PEZÃO NÃO AVISA QUANDO VAI PAGAR, MAS JÁ AVISA QUE VAI DESCONTAR

Prezados leitores, isso é bizarro!

 Pezão e Sérgio Cabral

"Jornal Extra
26/12/16 14:06 Atualizado em 26/12/16 14:17 
Servidores do Estado terão um dia de salário descontado no pagamento de dezembro 
Nelson Lima Neto 
Os servidores do Estado terão um dia de trabalho descontado do vencimento de dezembro — sem planejamento, ainda, para ser pago. O motivo para o desconto é a contribuição sindical ao Sindicato dos Servidores Públicos do Poder Estadual do Estado do Rio de Janeiro (Sindserj). Este sindicato conseguiu, no Superior Tribunal de Justiça (STJ) vitória sobre à Procuradoria Geral do Estado (PGE) e terá direito a contribuição de uma parcela dos servidores estaduais. 
O Sindserj entrou na Justiça em 2011 requerendo a contribuição sindical. O caso vem se arrastando desde então, com vitórias e recursos para ambos os lados. Nas últimas semanas, porém, a PGE não conseguiu vitória no STJ, e o Estado terá de acatar a decisão e realizar o desconto (Leia mais)". 

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. Francisco Pereira Iglesias informou, nesta segunda-feira, que não é mais o Contador Geral do Estado do Rio. Inglesias comunicou sua decisão à cúpula da Secretaria de Fazenda. Ao lado do contador, que estava no cargo desde 2011, diversos superintendentes da Contadoria Geral do Estado (CGE-RJ) também pediram exoneração de seus postos.
    Segundo pessoas ligadas à Secretaria de Fazenda (Sefaz), a decisão de Iglesias pode afetar a formulação de relatórios finais sobre o ano fiscal de 2016. O contador era responsável por autorizar a publicação de relatórios sobre as contas públicas.
    Internamente, ainda não se sabe o motivo pelo qual Iglesias entregou o cargo. O contador é servidor de carreira do Estado, tendo como função o cargo de analista de controle interno da Sefaz.
    A Secretaria de Fazenda, por sua vez, disse que não vai comentar o caso

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.