Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

quinta-feira, 4 de maio de 2017

O SOFRIMENTO DOS SERVIDORES E DOS MILITARES DO RIO DE JANEIRO

governador Pezão e presidente Temer

Prezados leitores, os servidores públicos e os militares (Policiais e Militares) continuam sofrendo com os efeitos da destruição da economia do estado do Rio de Janeiro pelos governos Sérgio Cabral e Pezão.
Uma dor que atinge idosos, viúvas e órfãos.
Infelizmente, a incapacidade de mobilização das centenas de milhares de servidores e de militares aumenta a dificuldade para a resolução da grave situação vivenciada.
Ontem surgiu um "boato" nas redes sociais sobre a área da segurança.

"Amigo PMs. Realmente o pagamento de Abril, será pago após o dia 23 de Maio, apenas 60% do salário. Fonte direto do palácio Guanabara. 
Reunião ontem no Palácio Guanabara, ficou decidido que o salário da segurança do mês de maio, será pago em duas parcelas. A previsão é que a primeira parcela seja para o dia 24 de maio, e a segunda parcela deverá ser liberada até o dia 02 de junho. Devido a quantidade de arrestos por conta do governo federal, e agora para pagar a Justiça do Rio, o governador não vê meios de pagar a segurança no décimo dia útil,  como estava sendo realizado em meses anteriores."

O Jornal Extra publicou hoje matéria sobre os atrasos:

"04/05/17 07:00 
Estado do Rio ainda não tem data definida para pagar salários de março 
Bruno Dutra 
Os vários arrestos e bloqueios nas contas do Governo do Estado nas duas últimas semanas devem prejudicar o pagamento da folha salarial de março do funcionalismo. O depósito que, tem sido feito no 10º dia útil do mês, e tem deixado muitos servidores em situação financeira complicada, ainda é considerado incerto para Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz). Isso porque o fluxo de caixa foi prejudicado, em especial pelos confiscos realizados para o repasse dos duodécimos aos Poderes (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. É preciso uma intervençao militar federal no estado do Rio , melhor ainda , no Brasil todo, seguida de um inventario e acerto de contas! É preciso examinar os ganhos exorbitantes e "bonus" e regalias de politicos, fim da aposentadoria de politicos,e do meio judiciario! E muito mais! Estamos perdendendo tempo enquanto eles continuam nos enganando e nos roubando e nos pondo para "pagar as contas"

    ResponderExcluir
  2. Já comentei aqui outro dia que tudo isso é uma estratégia de Pezão e Temer. A sociedade está sendo manipulada a apoiar o arroxo ao funcionalismo. O que esses dois canalhas querem é nos fazer implorar por um ajuste fiscal severo para que eles tenham mais bilhões à disposição. O que nós poderíamos fazer para dar o troco a eles é convencermos a sociedade que a solução é uma intervenção federal. Por quê? Porque os dois canalhas seriam atingidos e o nosso problema seria resolvido: 1- Pezão perderia o poder para um interventor; 2- Temer teria suas emendas à constituiçao engessadas; 3- A União teria de usar seus recursos para estabilizar a economia do estado; 4- Nossos vencimentos, proventos e pensões seriam pagos em dia.

    O que está faltando para que a coisa certa Seja feita?

    Sgt Foxtrot

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.