BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

BOMBEIROS E POLICIAIS, NÓS ESTAMOS ABANDONANDO AS NOSSAS PENSIONISTAS




Prezados leitores, o governo Pezão-Dornelles tem priorizado o pagamento do segmento da segurança pública, apesar dos atrasos e da falta do pagamento do 13o salário.
A razão é óbvia: o governo teme uma paralisação do setor da segurança pública o que tornaria impossível a realização dos festejos de ano novo e dos festejos momescos.
Por enquanto, o governo está pagando os ativos e os inativos, embora tenham começado a surgir rumores que será feito o pagamento do 13o salário dos ativos, deixando de fora os inativos.
Na verdade quem já está ficando de fora são as pensionistas.
Elas foram colocadas no último grupo para receber e irão receber o pagamento de novembro em nove parcelas, a exceção são as que recebem pensão especial.
Perguntamos:

- O que os profissionais da segurança pública estão fazendo para atenuar o sofrimento das pensionistas da Polícia Militar, da Polícia Civil e dos Bombeiros Militares, além de solicitar que o governo as coloque no primeiro grupo, isso durante as reuniões com o governador Pezão e secretários estaduais?

A iniciativa é válida, mas enquanto o governo não resolve esse problema como será o Natal e o ano novo das nossas pensionistas?

A resposta é simples: não festejarão!



Elas receberão no dia 23 (R$ 370,00) e no dia 29 (R$ 270,00) de dezembro, conforme matéria do jornal O Dia (Fonte).
Os valores a serem recebidos totalizam R$ 640,00.
É insuficiente para atender as necessidades básicas (comprar alimentos e pagar as contas principais que estão atrasadas).
Nem pensar em festejar e comprar presentes, elas que estão ameaçadas de cortes por falta de pagamento, como a energia elétrica.
Estão na iminência de ficarem com o "nome sujo", utilizando uma expressão popular.
A situação é gravíssima para todos nós, funcionários e militares, mas a situação delas é desesperadora.

Será que não existe uma forma de ajudá-las?

Policiais Militares, Bombeiros Militares e Policiais Civis, respeitando as opiniões contrárias, nós devemos buscar um meio de atenuar o sofrimento das esposas e dos filhos dos nossos companheiros que se foram antes de nós.
Ideias devem ser encaminhadas para o e-mail pauloricardopaul@gmail.com ou publicadas na forma de comentários.

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. O sr sabe o que está sendo feito. Apenas não estamos divulgando em respeito a dor de nossas pensionistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabenizo que está fazendo, mas isso é uma obrigação moral. Eu tenho feito e não tenho divulgado.

      Excluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.