Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

GOVERNADOR PEZÃO, DÁ SEU JEITO !

Picciani, Cabral e Pezão

Prezados leitores, perguntamos:
- A população é responsável pela crise econômica vivenciada no estado do Rio de Janeiro?
- Os funcionários públicos são os responsáveis?
- Os militares estaduais (Bombeiros e Policiai Militares) são?
A resposta para as três perguntas é NÃO!
É de domínio público que os responsáveis pela crise são o ex-governador Sérgio Cabral (preso em Bangu 8), o atual governador Pezão, os secretários estaduais dos dois governos e seus assessores diretos. Além dessa turma do Executivo, os deputados estaduais do período 2007-2016 que deveriam fiscalizar o Executivo e não o fizeram, permitindo a instalação da crise.
Diante da verdade, só nos resta recomendar para que a crise instalada por eles não seja paga por nós:
- Governador Pezão, dá seu jeito!
Nós estaremos fazendo essa cobrança na ALERJ, no Palácio Guanabara e onde for preciso até que os nossos pagamentos sejam regularizados e que o "pacote de maldades" seja jogado na cesta de lixo.

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. CARO COMPANHEIRO CORONEL PMERJ PAUL,
    PEÇO LICENÇA PARA ACRESCENTAR NA RELAÇÃO DOS RESPONSÁVEIS E SEM MEDO DE ERRAR OU SER INJUSTO NA AVALIAÇÃO, OS SERVIDORES PÚBLICOS MAIS BEM PAGOS DO PAÍS: OS INTEGRANTES DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL, DO TJ RJ, E TCE.
    OS PRIMEIROS SÃO OS FISCAIS DA LEI E TITULARES DA AÇÃO PENAL E CIVIL PÚBLICAS, APRESENTANDO A PEÇA INICIAL DA AÇÃO PENAL -A DENÚNCIA.
    OS JUÍZES APLICAM ANALISAM A DENÚNCIA E APLICAM A LEI AO CASO CONCRETO.
    O TCE FISCALIZA AS CONTAS DOS PODERES ENTRETANTO UM DOS SEUS MEMBROS E ATUAL PRESIDENTE, ESTÁ PRESENTE NA GANGUE DOS GUARDANAPOS, QUE GASTAVA EM PARIS O DINHEIRO DO BUTIM EXTORQUIDO DOS COFRES PÚBLICOS.
    TÃO DELETÉRIA SITUAÇÃO VALEU INCLUSIVE UMA REPRIMENDA DO JUIZ FEDERAL MARCELO BRETAS AO MPE, PELA OMISSÃO NO TOCANTE AO EXERCÍCIO DO SEU MISTER CONSTITUCIONAL.

    SAUDAÇÕES
    PAULO FONTES

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.