BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

terça-feira, 31 de julho de 2012

CORONEL PAÚL - CAMPANHA - ESCLARECIMENTOS

Coronel PM Paúl
Marcha Democrática de PMs e BMs
27 de janeiro de 2008
Prezados leitores, bom dia!
Eu peço calma aos amigos e amigas que estão engajados na tentativa de nos tornar membro do poder legislativo, inicialmente no cargo de vereador através da eleição que ocorrerá no dia 7 de outubro do presente ano. Eu entendo a ânsia pelo recebimento de material para a divulgação, ninguém pode prescindir dessa ferramenta, pois precisamos que a candidadura seja de conhecimento do maior número de pessoas com as quais temos interagido nas nossas lutas democráticas na internet e nas ruas do Rio de Janeiro, nos últimos sete anos (2007-2012).
Lembro que tenho dedicado o meu tempo ao acompanhamento da recuperação de minha mãe, que foi submetida a uma cirurgia (prótese no joelho), isso há quinze dias. Além disso, quero me manter fiel ao compromisso de repetir a campanha econômica que fiz em 2010, quando fui um dos candidatos que menos gastei, tendo contado com o apoio do partido. Assim sendo, neste primeiro momento da campanha, estou aguardando o material oriundo do partido, para que na segunda fase eu use recursos próprios (não aceito doação que não seja oriunda do partido) para a confecção de material complementar.
Diante do exposto, tenho usado o pouco tempo livre para divulgar a campanha nas redes sociais. Estou construindo um blog de campanha (custo zero), no qual deverei começar a postar a partir da próxima semana as minhas principais linhas de ação que adotarei caso seja eleito. Devo optar pela apresentação delas por meio de vídeos de curta direção, os vídeos amadores que faço habitualmente, também com custo zero.
Conheçam o blog (link).
Antecipo que pretendo ser um vereador de rua, ombreando com todas as lutas justas da população fluminense, postura que tenho adotado nesses últimos anos, exercendo a minha cidadania. Penso que as ruas devem ser o nosso campo de lutas, onde conquistaremos as vitórias, que serão formalizadas junto aos poderes legislativo e executivo. Democracia se faz nas ruas e lugar de político é ao lado do povo, esses são meus pensamentos.
Na recente luta dos Bombeiros e dos Policiais Militares, por exemplo, raros foram os deputados federais e estaduais que ombrearam com os heróis do povo nas ruas, poucos deram a cara para bater, demonstrando o lado que apoiavam. A maioria se manteve nos gabinetes, apoiando o governo contra nós. Se os deputados foram poucos, pior foi o caso dos vereadores do município do Rio de Janeiro. Sinceramente, não lembro de nenhum que tenha nos apoiado.
Encerro agradecendo a preocupação e o engajamento de todos e de todas, ratificando que o momento é de divulgar nas redes sociais e no contato pessoal, isso em quartéis, escolas, hospitais, etc.
Juntos Somos Fortes!

14 comentários:

  1. Cel Paúl Conte Conosco. Ass. BLOG VIDA RENOVADA EM CRISTO.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Sr Ce Paúl, lamento muito o fato de não residir na capital do estado do Rio, pois assim sendo, não poderei depositar nas urnas a confiança e a esperança que tenho em vossa pessoa. Em meio a toda esta tormenta de acontecimentos que acomete nossa VALOROSA polícia Militar conheci e aprendi a respeitá-lo como um homem integro, honesto e detentor de uma inigualável sabedoria e conhecimento no que diz respeito a segurança pública, política e PMERJ. Mas fique sabendo que mantendo esta postura guerreira, persistente e aguerrida, quem sabe um dia, quando concorrer a uma vaga para Dep. federal ou estadual, certamente terá meu voto e o de minha família. Por hora fico a fazer campanha por estes lados, multiplicando nos eleitores e no povo, ainda que não votem na cidade do Rio, a imagem que o Sr me passou, um homem HONESTO, convicto de suas idéias e que, certamente, nunca nos trairá.
    Atenciosamente, um Cabo da PMERJ.

    ResponderExcluir
  3. MAIS COVARDIA...O QUE VOCÊ FARIA?
    É isso!?
    Hoje recebemos mais uma informação que cabe, pelo menos, uma reflexão; O sgt Esteves, do HCAP, 22 anos de serviço, está preso na Penha. Qual o crime que ele cometeu? Vamos aos fatos; na sexta-feira, esposa do sgt Esteves realizou um exame de curva glicêmica no HCAP e ao terminar o exame estava tonta, sentindo-se mal e, segundo informações, teria caído. Diante da situação, o militar solicitou autorização ao oficial de dia, para acompanhar sua esposa até em casa e o mesmo respondeu prontamente que NÃO era possível. O detalhe é que o sgt Esteves tem um filho especial, que não pode ficar muito tempo longe da mãe. Desesperado, o militar informou que não poderia abandonar a sua esposa a própria sorte e decidiu conduzi-la até a sua residência, mesmo diante da negativa do oficial. Após deixa-la em casa retornou para o serviço, onde recebeu uma parte, que respondeu informando os fatos, obviamente, "não justificando as alegações apresentadas", sendo considerado culpado das acusações e preso. O militar permanecerá 15 dias na cadeia da Penha com apenas 2 horas de banho de sol.
    No caso da chefia temos certeza que não cabe questionamentos, pois, certamente, a exemplo do que aconteceu quando o chefe necessitou ser hospitalizado, o destino dêles não seria o HCAP, mas o BARRA DOR. A nossa indagação, diante deste relato, é a seguinte: O que você, militar do CBMERJ, dependente do HCAP, pai de família e recebedor do PIOR SALÁRIO DO BRASIL faria nesta situação; abandonaria sua esposa ou cumpriria mais uma ordem absurda?copiado do blog sos bombeiros.

    ResponderExcluir
  4. Sorte ao coronel nesta eleição, que senhor chegue lá. O coronel será eleito por uma classe que anceia por melhoras. Nós policiais vamos colocá-lo na câmara, pela porta da frente, sem dever nada a ninguem.

    ResponderExcluir
  5. Muito obrigado, Coronel Erir ribeiro Costa filho, por transferir nossos companheiros de volta para o 28º BPM. Os que ficaram agradecem de coração.

    ResponderExcluir
  6. O governador resolveu sacanear os funcionarios públicos,pois os impedem de ver seus contracheques via internet,veja bem hoje dia 31/07/2012 até o presente momento não podemos ver quanto iremos receber,isso é um absurdo,e ele conta com o apoio dos marajás do cbmerj!!!!

    ResponderExcluir
  7. Exclusivo! "Ordens superiores" mandaram Polícia Federal parar de investigar ligações de Paes e Cabral com a Delta
    Cabral e Paes sabem que estarão perdidos se investigações da PF vierem a público
    Cabral e Paes sabem que estarão perdidos se investigações da PF vierem a público


    Um grupo de policiais federais está indignado e disposto a abrir a boca, e complicar a vida de Sérgio Cabral e Eduardo Paes. Eles pretendem revelar que receberam determinação superior para segurar as investigações que davam sequência às operações Vegas e Monte Carlo, que mostraram a conexão entre o contraventor Carlinhos Cachoeira e a empreiteira Delta, de Fernando Cavendish, o grande amigo de Cabral.

    O nome da operação que chegou a fazer inúmeras gravações autorizadas pela Justiça chama-se "Pedra Bonita", numa referência - por sinal muito apropriada - ao mirante carioca de onde saltam os praticantes de Asa Delta, na Pedra da Gávea.

    O material obtido segundo tomei conhecimento é arrasador com Paes e Cabral. Se a CPI de fato não estender as investigações da Delta às administrações de Cabral e Paes, esse grupo de policiais federais vai começar a vazar as gravações para veículos de comunicação. O trabalho já estava bastante adiantado quando "alguém muito poderoso" pediu pra segurar tudo até passar a eleição.

    É bom lembrar que Cabral não é candidato, Eduardo Paes é que está disputando a eleição deste ano. Convenhamos que não é preciso um grande esforço para concluir que as investigações da Polícia Federal se vierem a público terão um efeito devastador sobre a candidatura de Eduardo Paes.

    Só deixo uma pergunta no ar que vários agentes da PF andam fazendo com indignação: É Polícia Federal ou política federal?


    Em tempo: Durante esta semana para aqueles que não acompanharam pelo blog a divulgação das farras na Europa, de Cabral, Fernando Cavendish e a Gangue dos Guardanapos, vamos reproduzir o material como uma minissérie. blog do garotinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum! Operação Pedra da Gávea... Tem um Guardanapo do 1º escalão que mora lá pertinho do shopping da gávea. Ele já foi citado numa operação da PF em São Paulo, mas os esquemas travaram tudo.

      Excluir
  8. CORONEL, RECEBO PENSÃO ESPECIAL, E O 13º QUE ESTAVA PREVISTO PARA SER PAGO HJ,, 31/07 NÃO ACONTECEU!!! É UMA FALTA DE CONSIDERAÇÃO PARA AS FILHAS QUE PERDERAM SEUS PAIS EM SERVIÇO.

    ResponderExcluir
  9. ACIDENTE NO TREINAMENTO PARA AS PROVAS PROFISSIONAIS!
    1º GSFMA

    Desde ontem, o 3ºsgt André Dias do 1º GSFMA encontra-se hospitalizado no CTI do HCAP, com as costelas quebradas e os pulmões perfurados em decorrência de uma queda da torre do Quartel Central. O militar estava no treinamento para as "maravilhosas" provas profissionais 2012 do CBMERJ. Irmãos, a chefia não se importa tanto assim com os bombeiros, portanto tenham cuidado e não se esforcem além do necessário. Participem, mas não se arrisquem...Vamos fazer um grande teatro!
    O mais triste nisso tudo é que não há uma nota sequer, por parte do "comando", referente ao acidente. As fotos do treinamento estão no site do CBMERJ, mas não há referência alguma ao estado de saúde do militar. Vamos fazer a nossa parte e divulgar nas redes sociais, afim de prevenir e alertar aos nossos companheiros acerca dos riscos de acidentes durante os treinamento e as provas profissionais.
    Aos familiares do militar, sgt André Dias, a nossa solidariedade e a nossa oração pela sua recuperação.

    JUNTOS SOMOS IMBATÍVEIS!!

    ResponderExcluir
  10. O 13 da pensão especial pada pela pmerj não foi depositado hoje, esse sistema é uma porcaria, mês passado também deu problema e ninguém consegue acessar o contra cheque há dias. E quem vai resolver...

    Leia mais: http://extra.globo.com/emprego/servidor-publico/servidores-estaduais-do-rio-recebem-13-salario-nesta-terca-feira-5635694.html#ixzz22FKvMzhc

    ResponderExcluir
  11. O Governo do Estado do Rio de Janeiro nunca vai querer acabar com a Polícia Militar! A PMERJ tem o pior salário do Brasil e péssimas condições de trabalho, mas ninguém luta por melhorias, por causa do militarismo. Se não fosse Militar, a situação seria diferente...

    O dinheiro público deveria ser utilizado para pagar os profissionais que prestam serviços essenciais à população, como Bombeiros e Policiais Militares. Um Estado que tem a segunda maior arrecadação de impostos do país poderia, ou melhor, deveria pagar aos referidos "heróis sociais" cerca de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) mensais, para cobrir as despesas básicas de sobrevivência, já que o custo de vida no Rio é altíssimo! A insatisfação das tropas da PMERJ e do CBMERJ, por ter o pior salário do Brasil e pelas péssimas condições de trabalho, é evidente!

    ResponderExcluir
  12. Acima da lei ? Seguranças de filho de Sérgio Cabral ameaçam policiais da Lei Seca para que ele fosse liberado sem fiscalização, e aí ?
    .
    Essa matéria é uma outra BOMBA, mostra e revela que a família de Sérgio Cabral está acima da lei, eles devem ser "cidadãos superiores", o que é isso ?

    Quem tinha que dar o exemplo, só faz merda.

    Sinceramente, estou de saco cheio, até quando ?

    Reprodução do jornal O Globo, coluna Ancelmo Gois


    Uma equipe da Operação Lei Seca no Rio se queixou da atitude de seguranças de um dos filhos do governador Sérgio Cabral, que tentaram escapar de ação da fiscalização na noite entre sexta-feira e sábado passado, em frente ao Jockey Clube, na Gávea. A escolta, formada por dois carros, ficou aborrecida com a abordagem feita a um terceiro carro, onde estava o filho de Cabral. Enquanto o motorista do Mitsubishi Pajero informava que levava o filho do governador, o jovem saltava do carro e entrava em outro veículo, deixando o local sem que o carro fosse vistoriado. Em seguida, surgiu um Citroen Pallas, também preto, de onde saiu o motorista, que se identificou como sendo o subtenente Daniel, chefe da segurança e exigindo que a equipe de seguranças tivessse tratamento diferenciado pela blitz.

    Depois de ter sido informado por um sargento, da operação, que a abordagem tinha o objetivo de verificar as apenas as condições do motorista, o subtenente pediu os dados do policial, alertando-o que ele poderia se prejudicar. O sargento forneceu seus dados e não prosseguiu a fiscalização. Em seguida, os carros da segurança estacionaram em frente à operação, como forma de tentar intimidar os fiscais. Os seguranças então foram alertados que seriam multados se permanecessem no local. Eles obedeceram ao pedido feito pelos fiscais e tudo acabou em zero a zero.

    O episódio foi um dos três casos que, segundo policiais da Lei Seca, prejudicaram a produvitidade da equipe naquela noite. Os outros foram a apreensão da carteira da atriz Dira Paes -- que se recusou a se submeter ao bafômetro -- e a atitude de debochada de três jovens que saíram do Jockey aparentemente bêbados. Eles se meteram no meio da blitz, fazendo baderna e derrubando cones e lanternas. Eles foram então conduzidos à 15ª DP (Gávea) pelos policiais da blitz. Lá foi feito um registro de "conduta inconveniente e atípica".

    ResponderExcluir
  13. Eu quero é novidade!
    Brasil, um país preparado para a elite e para os filhos da elite.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.